Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
WADO CUP OPEN BRASIL 2013
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Guaiçara

Guaiçara é um município localizado na região centro-oeste paulista.

Geografia

Localiza-se a uma latitude 21º37'19" sul e a uma longitude 49º47'55" oeste, estando a uma altitude de 461 metros. Sua população estimada em 2006 é de aproximadamente 10.357 habitantes. Guaiçara está em pleno desenvolvimento sendo uma das que mais cresceram na região centro-oeste paulista. Um dos destaques da cidade é a Estação Criatividade - Geraldino da Silva, onde uma antiga estação ferroviária da Noroeste do Brasil (NOB) foi restaurada, dando início a um espaço cultural.

Possui uma área de 269,3 km².

Demografia

Dados do Censo - 2000

População total: 9.211

Urbana: 8.070

Rural: 1.141

Homens: 4.584

Mulheres: 4.627

Densidade demográfica (hab./km²): 34,20

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 14,38

Expectativa de vida (anos): 72,03

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,54

Taxa de alfabetização: 90,76%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,778

IDH-M Renda: 0,681

IDH-M Longevidade: 0,784

IDH-M Educação: 0,868

(Fonte: IPEADATA)

História

13 de Dezembro é comemorado o aniversário de Guaiçara. Hoje, a cidade abriga cerca de 11.357 moradores e é muito conhecida na região pelo seu verde e pela sua tradicional festa de São João Batista. Entretanto, para que Guaiçara chegasse a ser um município foi necessário muito esforço de seus antigos moradores, cujas Histórias nunca devem ser esquecidas.

Por volta do ano de 1919, Guaiçara dava seus primeiros passos dentro do Brasil, movida pela Estrada de Ferro Noroeste. Foi nesse ano que Elias Gonçalves Salvador comprou um sítio, situado a margem direita dos trilhos da ferrovia (sentido Bauru -Araçatuba). Em suas terras, começaram a chegar trabalhadores para cortar lenha para estrada de ferro, e para extrair madeira para construção de casas. No início de 1920, Elias Gonçalves Salvador resolveu lotear seu sítio e o local foi tomando aspecto de povoado. Assim, foi fundado um núcleo com características urbanas, conhecido como Patrimônio Salvador.

Antiga estação da cidade

Ficheiro:Antiga estacao guaicara.jpg

Já era final de 1920, quando chegou em Guaiçara Antonio Francisco do Santos Jr. O descendente de portugueses comprou 100 alqueires de terra localizados ao lado esquerdo da ferrovia. Depois, adquiriu mais terras ao lado direito e resolveu lotear parte de suas propriedades. Devido as facilidades de compra oferecidas, rapidamente os lotes foram vendidos.O novo loteamento também foi ganhando características urbanas e foi chamado de Guaiçara, devido a grande quantidade de árvores com esse nome existente no local. A primeira construção do novo loteamento foi feita por Guerino. Construiu também uma casa comercial hoje o bar Roberto Pavoni. Ao seu lado, instalou-se a primeira Farmácia, em 1922. Nessa época, ocorreu ainda a introdução da colônia japonesa no povoado. O crescente desenvolvimento do povoado propiciou que, no dia 13 de dezembro de 1922, fosse criado um distrito de paz de Guaiçara, incorporado ao município de Lins. Foi o resultado de um movimento encabeçado por Antonio Francisco e mais um grupo de cidadãos. A região vivia uma época de intensa movimentação. Muitas famílias em busca de melhores condições de vida, estabeleciam-se em Guaiçara.

O futuro parecia guardar um grande progresso para o município. A abundância de matas era uma marca do distrito. Aproveitando-se disso, Almeida Porto e Cia construiu uma grande serraria na região. Algum tempo depois, a seleção de Artefatos de madeira "Brasselva" tomou o lugar da antiga firma . Eram empregadas, aproximadamente, 60 pessoas. O cultivo de café e arroz também trouxe grandes beneficios para Guaiçara . Foi graças ao grande número de pessoas que vieram trabalhar nessas lavouras que o distrito pode crescer e seu comércio se desenvolver.

O tempo foi passando e Guaiçara foi ganhando a admiração de seus moradores. Por volta do ano de 1952, Fausto Longo Batista Pereira, Vergilio Zannoto, Antonio Silveira, Roque real, Gondo Takei e Oswaldo Cruz chefiaram um grupo de Guaiçarenses que lutou pela emancipação do distrito. Foram batalhas judiciárias muito difíceis. As autoridades de Lins acionavam os políticos tentando impedir o desmembramento do distrito. Guaiçara precisava demonstrar um valor maior em suas arrecadações. Uma das soluções foi incentivar a população a comprar terrenos no cemitério. Adão Afonso Costa foi um dos maiores colaboradores nessa fase, emprestando o dinheiro para que os moradores pudessem aadquirir os lotes.

A comissão partia para São Paulo constantemente, a fim de ganhar mais simpatizantes entres os deputados. Finalmente, no dia 13 de dezembro de 1953, foi aprovado pela Assembleia Legislativa o projeto que determinava a realização de plebiscito de consulta a população. Os leitores deveriam se manifestar favoráveis ou contrários a emancipação. O resultado não poderia ser diferente: sim. Na Assembléia, a votação resultou em um empate, mas o Presidente de Assembleia deu o voto de minerva a favor da emancipação. O céu de Guaiçara ficou ainda mais claro devido aos fogos soltados por seus moradores.

O sonho virava realidade, Guaiçara se tornava um município. A partir de sua autonomia política, a própria população de Guaiçara pode tomar conta de seu destino. Fausto Longo Batista Pereira foi o primeiro Prefeito de Guaiçara. Seu mandato foi iniciado no ano de 1955. Em 1959, foi a vez de Martiniano Cruz ocupar o cargo. Depois vieram outros prefeitos.

Administraçao

prefeito : CLOVIS REDIGOLO

Gentílico: Guaiçarense

Aniversário da Cidade: 13 de dezembro

FONTES:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Guai%C3%A7ara

 
MAIS SOBRE Guaiçara:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Guaiçara:
 
22/02

Olá! Gostei muito do texto que fala sobre a origem da cidade de Guaiçara. Porém o gentílico está errado, bem como a data do aniversário da cidade. O correto é "guaiçarense" e a data 13/12. Att, Ana Lúcia anddradde@bol.com.br

Enviado por Ana Lúcia às 17h31
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO | WADO CUP OPEN BRASIL 2013 |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions