Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Iracemápolis

Geografia

Localiza-se a uma latitude 22º34'50" sul e a uma longitude 47º31'07" oeste, estando a uma altitude de 608 metros. A população é de 19.700 habitantes, porém sujeita as flutuações à maior durante a safra de cana de açúcar. A migração e rotatividade de trabalhadores temporários é intensa, gerando dificuldades para o planejamento adequado na área da saúde, habitação, transporte, emprego fixo e outras variáveis que diretamente afeta à área da saúde.

 

Demografia

Dados do Censo - 2000

População total: em torno de 18.000

Densidade demográfica (hab./km²): 134,91

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 10,16

Expectativa de vida (anos): 70,55

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,92

Taxa de alfabetização: 93,68%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,828

IDH-M Renda: 0,767

IDH-M Longevidade: 0,827

IDH-M Educação: 0,891

(Fonte: IPEADATA)

 

Hidrografia

A cidade de Iracemápolis é cortada pelo Ribeirão Cachoeirinha, cuja nascente está situada no Morro Azul e o mesmo desemboca no Rio Piracicaba (São Paulo). A sua margem está em fase de recuperação da mata ciliar.

Rodovias

SP-151

SP-306

SP-147

 

História

A história das terras onde hoje se assenta Iracemápolis vem de décadas bem anteriores àquela de 1890, onde teve origem o pequeno povoado de Santa Cruz da Boa Vista, constituído principalmente por negros libertos nas encostas do Morro Azul, que se alojaram primeiramente na Fazenda Iracema e que, anos depois, vieram a residir nas proximidades das margens do Ribeirão Cachoeirinha. Entre 1890 e 1892, José Emídio, um dos fazendeiros da região, doou uma área de terra de aproximadamente dois alqueires (48.400 m²) para a construção de uma capela que recebeu o nome de Capela de Santa Cruz da Boa Vista. Por esta mesma época, deu-se a influência dos brancos que começaram a substituir cada vez mais os negros na cultura do café. Com a retirada dos negros da região, iniciou-se a povoação do local. Em 1904, chegaram João de Souza Barreto e Sinhá Silveira, responsáveis pela instalação do primeiro telefone da vila (1911). Em 1912 instalou-se a primeira escola primária, com a chegada da primeira professora: Dona Constantina B. Vaz. Por volta de 1915 chegaram os Simões vindos de Limeira. Logo depois o Capitão Paulo Simões inaugurou a primeira farmácia. A família Ometto chegou no ano de 1918, quando compraram a Fazenda Aparecida, antiga fazenda Angélica. No mesmo ano trouxeram a energia elétrica. O povoado foi crescendo e em 29 de outubro de 1923 o então Governador do Estado de São Paulo, Washington Luís Pereira dos Santos, elevou o povoado de Santa Cruz da Boa Vista à categoria de Distrito de Paz, passando a denominar-se Iracemápolis. Interessante se faz saber a história do nome: no ato dessa elevação à Distrito pertencente a Limeira, passou a chamar-se Iracemápolis, uma homenagem do povo ao coronel José Levy, proprietário da Fazenda Iracema, em cujas terras nasceu a vila. Origem do nome: Iracema provém de língua indígena e quer dizer lábios de Mel e polis é de origem grega e significa cidade.

 

Fundação: 1890

 

Gentílico: iracemapolense

 

Administração

prefeito :  VALMIR GONCALVES DE ALMEIDA

Turismo

A Fazenda Morro Azul: A fazenda Morro Azul, têm sua origem na Sesmaria do Morro Azul, situada nas cabeceiras do Ribeirão do Pinhal, que em 13 de janeiro de 1817, foi concedida ao Tenente Joaquim Galvão de França e Manoel de Barros Ferraz. Sua formação ocorreu por volta de 1820.

Seu primeiro proprietário foi o Brigadeiro Manoel Rodrigues Jordão, um dos mais importantes defensores da Independência do Brasil. Este nobre cidadão, participou com outros poucos patriotas, oferecendo seu capital, para reposição do dinheiro do Banco do Brasil, cujos cofres, haviam sido esvaziados pela família real, por ocasião de seu retorno a Portugal. Não é mera coincidência, o nome dado à cidade de Campos do Jordão, e vale a pena observar que o terreno, no qual foi construído o Museu do Ipiranga, pertencia ao influente Brigadeiro.

A sede da Fazenda foi construída entre 1868 e 1877, pelo seu filho, Silvério Rodrigues Jordão. Todo o material de construção, canos, blocos, vidros, móveis, portas e janelas, veio da Europa, e a partir de Campinas, em carros de bois, por 120 km de lamaçais.

Enquanto a maioria das fazendas de café têm estilo colonial, são belas e amplas, porém, sem maior criatividade, o Solar da Morro Azul se destaca pela excelência de seu projeto arquitetônico e sua forma apalacetada, sendo a única sede rural brasileira com azulejos, portugueses e ingleses, utilizados na decoração de sua fachada. No processo de tombamento, ocorrido em 1973, comandado pelo pesquisador, Arlindo de Salvo, foi considerada como, "Talvez o mais requintado exemplar de fazenda do Século XIX".

Por ter hospedado, duas vezes o Imperador Pedro II, é conhecida na região, como a Fazenda do Imperador, mais precisamente, como Casa de D. Pedro.

Atrativos: A entrada, com estrada cercada de Palmeiras Imperiais e Pau Ferro, demonstrando proximidade com a Família Real. No interior da casa, o visitante encontrará, papéis de parede franceses e ingleses, gobelinos e quadros antigos, uma bela capela dourada, vizinha à "Sala de Visitas Imperial", lustres e móveis do século XIX, biblioteca, com livros raros e os quartos e camas, em que dormiram, o Imperador D. Pedro II, a Imperatriz e a Princesa Isabel.

Na área externa o visitante se deliciará com um riacho de pedras, a floresta com seu centenário jequitibá, a gruta construída pelos escravos e um magnífico conjunto de salas de banho, constituindo as Ruínas das Termas do Imperador. A Fazenda Morro Azul, está aberta para visitações, previamente agendadas, para grupos organizados, com opção para serviço de restaurante. Os passeios, serão acompanhados por guias ou por pessoas ligadas à família proprietária

 

Site da cidade

http://www.iracemapolis.sp.gov.br/

 

Fonte

http://pt.wikipedia.org/wiki/Iracemápolis

http://www.ferias.tur.br/informacoes/9227/iracemapolis-sp.html

 
MAIS SOBRE Iracemápolis:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Iracemápolis:
 
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions