Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Pilar do Sul

Geografia

Limites: Norte-Sarapuí e Salto de Pirapora Sul-Tapiraí Leste-Piedade Oeste-São Miguel Arcanjo

Possui uma área de 684,22 km².

Demografia

Dados do Censo - 2000

População Total: 23.948

Hidrografia

O título de Nascente das àguas é devido aos rios, córregos, ribeirões e nascentes que nascem no município e deságuam na bacia do rio Paranapanema, além da qualidade da água e ausência de poluição.

Rio do Pinhal Grande

Rio Sarapuí

Rio Turvo

Represa das Paineiras

 

Rodovias

SP-250

SP-264

 

História

A história de Pilar do Sul começa a ser contada a partir de 1850 com a chegada e Movimentação de tropeiros, caçadores e mineradores em busca de metais preciosos. Com a vinda de famílias procedentes de São João Del Rey (MG) e de tropeiros que começaram a utilizar o lugarejo apenas conhecido pelas pedras onde usavam para piloar a carne de caça onde que faziam a paçoca de carne e também utilizavam os pilares de pedras existentes para curtir couro dos animais que caçavam. Motivo esse que começaram a chamar o lugar de Pilar. “ Vamos no Pilar, caçar e fazer paçoca”.
Outro motivo que ajudou a justificar o nome do local “Pilar” foi a religiosidade dessas famílias mineiras. Que, pela devoção a Nossa Senhora do Pilar, Santa Espanhola, reforçaram a idéia de chamar o local de Pilar.
- Pilão de Pedra e Madeira (onde socavam a carne para fazer a paçoca).
- Pilar (onde estivam a caça para o manejo da carne e do couro).
- N. Senhora do Pilar (Santa de devoção dos mineiros).
Em 1865, Antonio de Almeida Leite (Tenente Almeida) adquiriu uma sesmaria nesta região, trazendo consigo muitos escravos a fim de estabelecer uma fazenda agrícola e logo em seguida ergueu uma pequena capela em homenagem ao Bom Jesus do Bom Fim, o qual era devoto. Em 1868 doou um terreno à Paróquia da Diocese de Sorocaba.

Em 11 de maio de 1877, João Batista Ribeiro, com autorização do Bispo da época, fundou a Vila de Pilar elevando-a a categoria de Paróquia, por Lei Providencial.
Em 1891, no dia 12 maio, através de decreto a vila de Pilar ganhou a categoria de Município, no dia 20, do mesmo mês, instalaram uma intendência nomeando o Sr. Euzébio de Moraes Cunha como sendo primeiro prefeito do recém formado município de Pilar.
Durante o início do século XX o município enfrentou muitas dificuldades para se desenvolver, as condições precárias de estradas e a agricultura pouco desenvolvida desencadeou estaginação resultando na perda de sua autonomia política, voltando à condição de distrito, pertencente ao município de Piedade-SP em 1934.
Dois anos depois, no dia 5 de novembro de 1936 Pilar reconquistou sua autonomia-política, retomando o desenvolvimento do município. Nessa luta para a emancipação política destacaram-se os deputados Diógenes Ribeiro de Lima e Elias Machado de Almeida e do próprio Armando de Oliveira Sales, neste ato como governador do estado. Em março do ano seguinte, Eugênio Theodoro Sobrinho tomou posse como primeiro prefeito eleito. Nesse mesmo ano, a Câmara de Vereadores aprovou a lei que doava lotes a todos aqueles que quisessem construir prédios de qualquer natureza. Essa investida serviu para alavancar o desenvolvimento da cidade que até então tinha somente 137 prédios. Na década de 40 o número de casas da cidade já tinha triplicado. Em 1.944, o Município passou a ser chamado de Pilar do Sul.
Privilegiado pelo clima subtropical, incrustado entre rios e vales e portadora de riquezas naturais inexploradas, como sertão, nascentes e reservas da mata atlântica, são os grandes atrativos deste município que também preserva a tradição herdada dos mineiros e dos viajantes tropeiros, destacando-se regionalmente pelas atividades campeiras.
Na culinária, o prato que merece destaque, não só pela história que originou o nome da cidade, mas pelo sabor é a paçoca de carne, socada no pilão, bastante apreciada na região.
Pilar do Sul é uma cidade hospitaleira que preserva os costumes caboclos, típicos da cidade do interior, favorecendo a qualidade de vida de quem escolhe a cidade como lar. Atualmente cresce a cada ano dando destaque ao desenvolvimento agropecuário que é responsável por 70% da economia do município.
A potencialidade turística do município evidente em vários aspectos é um novo reforço para a economia do município que é conhecido como a Nascente das Águas.

Aniversário da Cidade: 5 de Novembro

Fundação: 5 de novembro de 1936

Gentílico: pilarense

 

Administração

Prefeita:  JANETE PEDRINA DE CARVALHO PAES

 

Economia

Pilar do Sul é uma cidade hospitaleira que preserva os costumes caboclos, típicos da cidade do interior, favorecendo a qualidade de vida de quem escolhe a cidade como lar. Atualmente cresce a cada ano dando destaque ao desenvolvimento agropecuário que é responsável por 70% da economia do município.

A potencialidade turística do município evidente em vários aspectos é um novo reforço para a economia do município que é conhecido como a Nascente das Águas

 

Turismo

Principais Pontos Turísticos

NASCENTE DAS ÁGUAS

O título de Nascente das àguas é devido aos rios,córregos, ribeirões e nascentes que nascem no município e desaguam na bacia do paranapanema, além da qualidade da água e ausência de poluição.
O turismo, ainda em fase de desenvolvimento, vem procurando se estruturar e explorar os recursos hídricos e a vegetação para que não haja degradação do meio ambiente. Por isso é comum visitar pontos pouco explorados, onde conserva a mata virgem e os cursos naturais.
Na região sudeste do município é quese concentram o maior número de cachoeiras. Na rodovia que liga o município a Piedade está a Cachoeira Nacente das Àguas, símbolo turístico da cidade. Álem das cachoeiras é grande também o número de pesqueiros, que estão espalhados pelos bairros: Pinhal, Turvo e Bom Retiro.
Em relação a hospedagem existem pousadas, acampamentos, hotéis e sítios com ótima infra-estrutura pronta para atender você, sua fámilia e amigos.
Na região norte se concentram os loteamentosdechácaras de recreio, com mais de 3.000 propriedades, que abrigam uma população flutuante de aproximadamente 5.000 pessoas durante as temporadas de férias.
A região da Mata Atlântica fica a sudoeste de Pilar do Sul, em direção as cidades de Tapiraí e São Miguel Arcanjo. Essas áreas também reservam paisagens deslumbrantes, como o sertão nos bairros da Lavrinha e Moquém, onde escondem lugares ainda inexplorados, usados como trilha de jipeiros e trekking.
Em cada área da cidade é possível descobrir pontos interessantes, que podem levar você a conhecer a beleza das matas e dos rios.

Ônibus

(15) 3278 - 1596
Rodoviária

 

Site da cidade

http://www.pilardosul.sp.gov.br/portal1/intro.asp?iIdMun=100135429

 

Fonte

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pilar_do_Sul

http://www.ferias.tur.br/informacoes/9484/pilar-do-sul-sp.html

 
MAIS SOBRE Pilar do Sul:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Pilar do Sul:
 
20/03

Cidade aconchegante, com os hábitos do interior preservados...Gostei e voltarei..

Enviado por João Carlos às 15h43
20/10

Linda Cidade do Interior Paulista

Enviado por José Lucas Da Silca às 12h10
29/07

É interior e São Paulo é Brasil

Enviado por JL às 10h39
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions