Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Rinópolis

Rinópolis é um município brasileiro do estado de São Paulo.

 

Geografia

Localiza-se a uma latitude 21º43'33" sul e a uma longitude 50º43'20" oeste, estando a uma altitude de 425 metros. Sua população estimada em 2004 era de 9.786 habitantes.

 

Possui uma área de 358,500 km²

 

Demografia

Dados do Censo - 2000

População total: 10.255

 

* Urbana: 7.948

* Rural: 2.307

* Homens: 5.271

* Mulheres: 4.984

 

Densidade demográfica (hab./km²): 28,61

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 17,09

Expectativa de vida (anos): 70,58

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,14

Taxa de alfabetização: 85,53%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,757

 

* IDH-M Renda: 0,680

* IDH-M Longevidade: 0,760

* IDH-M Educação: 0,832

 

Rodovias de acesso

* SP-425

 

Cidade com distância de 525 kms de São Paulo, com acesso pela Rodovia Castelo Branco SP-280 posteriormente acesso a Botucatu no km 209 e SP-300 Rodovia Marechal Rondon. O acesso a cidade é feito a partir da SP-425.

 

Localização

Oeste do Estado de São Paulo

 

Limites

Ao norte com Piacatú e Santópolis do Aguapeí, ao sul com Parapuã, a leste com Iacri e a oeste com Osvaldo Cruz.

 

Água e Esgoto

O serviço de abastecimento de água e de coleta de esgotos sanitários é realizado pela; Prefeitura Municipal, através da Divisão de Água e Esgoto; Unidades servidas com água tratada: 2.680; Unidades ligadas à rede de esgotos: 1.726; Fontes de captação de água: 7 poços profundos; Média de profundidade dos poços: 170 m; Volume de água produzida: 51.000 m3 mensais; Extensão de rede de água: 30.497 metros; Extensão da rede de esgotos: 21.345 metros;

 

História

A nossa história começa em setembro de 1.927, quando a Firma Lélio Piza & Irmãos oferece terrenos à venda na Fazenda Goataporanga, localizada na margem esquerda do Rio Aguapeí (Rio  Feio). A firma em questão possua ao todo 126.000 alqueires. Eugênio Rino, chefe de uma família de destemidos agricultores, manda seus filhos e genro, Domingos Rino, Eugênio Rino Filho e Francisco Nascimento Silva, juntamente com Orozinho Durval, representante da firma vendedora, explorarem o terreno e conheceram suas condições de fertilidade e salubridade. Os referidos senhores vieram de automóvel de Pirajuí para Juliápolis (atual Juliania), seguindo depois a cavalo por um picadão aberto na mata virgem, demorando nesta viagem aproximadamente 10 dias. Voltaram e comunicaram ao Cel. Eugênio Rino que as terras eram de boa fertilidade o qual adquiriu então, 2.745 alqueires. Nessa época contrataram um engenheiro civil, Dr. Marcondes Filho, para fazer o loteamento. Entrou por uma gleba do Rio Feio, além do Brasil Plantate & Cia Ltda.. Passando o Rio Feio começou os serviços da aludida gleba, onde ficou doente e mandou outro engenheiro civil para continuar os serviços. Nas margens do Ribeirão Itaúna o engenheiro perde o rumo e se perde também. O Cel. Eugênio Rino manda então Francisco Nascimento Silva, Vicente Rino e Eugênio Rino Filho em procura do engenheiro. Subiram o Ribeirão Itaúna, após atravessarem o Rio Feio a nado e encontraram o engenheiro, demorando quatro dias até chegar no começo do Córrego Bri, onde plantam o marco inicial de um novo município. A fertilidade da terra atraem novos compradores, como Luiz Wolff, Antonio Rodrigues da Cunha, Benedito Borges e outros. Afim  de contornar os inúmeros inconvenientes da entrada por Juliápolis, Eugênio Rino, Luiz Wolff e Antonio Rodrigues da Cunha, com suas turmas de trabalhadores, abrem o prolongamento da Estrada Birigui X Bela Vista (atual Piacatú), por onde passam em 1.928 as primeiras famílias que vem habitar o lugar. Nesse ano fazem-se as primeiras derrubadas, plantando-se as primeiras lavouras de cereais e café. Em 1.930, a nova comunidade concentrada no Bri, recebe a visita do Bispo de Botucatu, D. Ático Euzébio da Rocha, que celebra a primeira missa.

Por volta de 1.932 o Cel. Eugênio Rino loteia a chapada denominada Andorinha, para onde começam a convergir as primeiras construções e onde Domingos Rino abre o primeiro estabelecimento comercial. Então aqueles corajosos desbravadores, encurralados no seio da mata, dispondo de uma única e precária saída são animados por um sinal promissor: avistam longínqua fumaça de queimadas, a sudoeste do Patrimônio, indício de presença humana. Organizam-se mutirões, toda a gente colabora e, em breve, nova estrada chega ao Patrimônio de Bastos (atual Bastos) onde se estabelece ligação com a Estrada de Ferro Sorocabana.

Apresenta-se aos moradores de Rinópolis mais um problema de vulto: o município precisa estabelecer ligação com a sede municipal. Diante da alegação do Prefeito de Tupã de que aquela Prefeitura não dispõe de recursos para a abertura da estrada, o Sub-Prefeito, Eugênio Rino Filho, apela para o povo que, como em outras ocasiões aceita a incumbência e abre a estrada até Dom Quixote compelindo a Prefeitura de Tupã a completar a obra. Nada mais pode parecer impossível para Rinópolis. Seu povo conclui, diante dos exemplos do passado que, enquanto se mantiver unido, nenhum obstáculo poderá resistir indefinidamente à sua vontade. Em 30 de novembro de 1.944, o Decreto-Lei Estadual nº. 14.334, que cria entre outros, o município de Rinópolis, vem coroar os esforços dos representantes desse povo: Eugênio Rino, Eugênio Rino Filho, Orestes Pagliusi, José Tavares de Mello, Vicente Rino, Domingos Rino, Francisco Stramandinolli e outros, que tiveram em Sud Menucci o seu mais constante orientador. O Município de Rinópolis foi instalado em 1º de Janeiro de 1.945, constituído de um único Distrito que é a sede municipal.

De 04 de agosto de 1.937 a 30 de novembro de 1.938 Rinópolis pertenceu ao Município de Araçatuba. Pelo Decreto nº. 9.775, de 30 de novembro de 1.938, foi transferido para o município de Tupã, atual sede de Comarca.

 

Significado do Nome

Rinó + Polis (Rino = sobrenome do fundador, Eugênio Rino + polis = cidade)

 

Fundação: 5 de outubro de 1931 (78 anos)

Gentílico: rinopolense

 

Administração - 2013/2016

* Prefeito: VALENTIM TREVISAN

 

Site da cidade

http://www.rinopolis.sp.gov.br/

 

Fonte

http://www.rinopolis.sp.gov.br/

http://pt.wikipedia.org/wiki/Rin%C3%B3polis

http://citybrazil.uol.com.br/sp/rinopolis/index.php

http://www.ferias.tur.br/informacoes/9565/rinopolis-sp.html

 
MAIS SOBRE Rinópolis:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Rinópolis:
 
11/01

ESTOU PROCURANDO UM MORADOR DE RINOPOLIS, CHAMADO LUIZ CARLOS MARQUES, QUE RESIDIU EM CAMPINAS, FOI GERENTE DE BANCO AQUI NA CIDADE, DEPOIS ELE SOFREU UM ACIDENTE FICANDO PARAPLEGICO, QUEM CONHECE-LO FAVOR PEDIR PARA ENTRAR EM CONTATO COMIGO PELO E-MAIL www.joao.ferraresso@terra.com.br, OU PELO TELEFONE (19) 3269-0331, (19) 9794-8478 OBRIGADO

Enviado por JOAO LUIZ às 18h25
23/10

Ola!pessoal da administração desta cidade maravilhosa gostaria de trabalhar na empresa jato ,moro em campinas mas sou da cidade de rinopolis quero voltar para um lugar mais tranquilo onde eu posso viver mais sossegado com minha familia. Mande um endereço para eu mandar um curriculum.meu telefone 19 91545463 email valdomirochagas@ig.com.br.

Enviado por valdomiro chagas às 15h17
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions