Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Santo Antonio do Pinhal

Município Estância Climática, situada na Serra da Mantiqueira, na divisa com o Estado de Minas Gerais, Santo Antonio do Pinhal é uma cidade pequena, muito procurada para a prática de montanhismo, bike, equitação, paraglider, vôo livre e treking. Destaca-se no turismo rural e serve como alternativa para hospedagem à movimentada Campos do Jordão.

Geografia

Data de Fundação: 13/06/1860

Altitude: 1143 metros

População: 6560 habitantes (IBGE 2007)

Área Total: 133 km2

Densidade: 49 hb/km2

Clima

Tropícal de altitude, com chuvas e verão mais intensas devido à ação da massa tropical atlântica. No inverno, as frentes originárias da massa polar atlântica provocam geadas que embelezam a paisagem.

Temperatura

Verão: Temperatura média de 23º C

Inverno: Temperatura Média de 4º C

Principais pontos turísticos

Estância climática, turismo rural, ecológico e de aventura.

Topografia

Possui uma superfície de aproximadamente 133 km2 em topografia serrana, declinosa, com relevo antigo de morros arredondados. Vales não muito profundos, tendo quase todos eles pequenas áreas semi-plenas, numa atitude que varia entre 1200 a 1890 metros acima do nível do mar.

Localização

O município de Santo Antônio do Pinhal situa-se no Vale do Paraíba, região Sudeste do Estado de São Paulo, cercado pela Serra da Mantiqueira, a uma altitude de 1143 metros. Localiza-se a 22º50´ de Latitude Sul e 45º38´ de Longitude Oeste.

Rodovias de acesso

Rodovia SP-50 – Rodovia Monteiro Lobato

Rodovia SP-46 – Rodovia Osvaldo Barbosa Lobato

Rodovia SP-123 – Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro

História

Após índios e bandeirantes, ouro e escravos, no Sertão do Alto do Sapucaí Mirim em 1785 é concedida à primeira sesmaria da região pela Capitania de São Paulo. Começou um conflito que durou por muitos anos, por causa da disputa da divisa entre as Capitanias de São Paulo (1714) e Minas Gerais (1720). Sertão do alto da Serra para os Paulistas que não aceitavam a divisa. Para os mineiros, seria no alto da Serra da Mantiqueira, região denominada Sertão de Camanducaia. Em 1809, foi aberto um caminho pelos mineiros em terras habitadas pelos paulistas da Vila de Pindamonhangaba, que já possuíam as Sesmarias na região. Logo foi fechada pelo então, Capitão Mor Ignácio Marcondes do Amaral. Após um encontro casual em 1811, ficou amigavelmente combinado que continuaria aberta a estrada com uma guarda, mantida por São Paulo no lugar denominado sertão em terras de Claro Monteiro do Amaral, cerca de 10 km acima de Sapucaí Mirim.

Na Região onde hoje existe a Cidade de Sapucaí Mirim, estabeleceram-se diversos moradores com a proteção do Capitão Manoel Furquim de Almeida, representante de Minas. Estas terras eram reclamadas pelo paulista Inácio Caetano Vieira de Carvalho, antigo sesmeiro. A Câmara de Pindamonhangaba interveio em 1813 a favor de Inácio Caetano. Em abril do ano seguinte, houve um contra movimento por parte de Minas retirando a guarda do local combinado e em julho foi instalado no alto da Serra da Mantiqueira um quartel. Em 31 de agosto do mesmo ano, a Câmara de Pindamonhangaba obrigou os mineiros a retirarem o Quartel, que ficou abandonado até novembro, quando então, foi queimado pelas autoridades de Pindamonhangaba. A denominação “Quartel Queimado” figura em documentos de 1847 e no mapa de Minas de 1855. Com a abertura oficial da estrada em 1811, ligando as duas Capitanias, a região começou a prosperar. Com a fundação da Freguesia de São Bento do Sapucaí em 1828, as terras do alto da Serra ficaram pertencendo à nova freguesia. Houve muitas doações a Capela de Santo Antonio no local denominado fazenda Pinhal, mas a mais conhecida ocorreu em 1856, precisamente aos 11 de abril, quando o senhor Antonio José de Oliveira sua mulher e outros doaram terras a capela ao santo de devoção.

Depois de cem anos de submissão, os descendentes dos antigos povoadores buscaram algo melhor, a criação de um município. O antigo Bairro do Pinhal dependia unicamente de São Bento do Sapucaí, graças ao esforço de heróis pinhalenses, após demandas judiciais, comemorou-se no ano de 1960 a realização de um sonho, a emancipação. Desta data em diante, a nova cidade prosperou e se tornou o charme da Serra."

Retirado do livro Santo Antonio do Pinhal de Sertão a município-1785 a 2009, autores Zildo Aparecido da Silva e Jose Antonio Marcondes da Silva.

Fundação: 13 de junho de 1860

Gentílico: pinhalense

Administração

Prefeito: CLODOMIRO CORREIA DE TOLEDO JUNIOR

 

Turismo

Parece que quem viaja para a bucólica Santo Antonio do Pinhal,  está em busca de calma, paz, tranqüilidade  e um bom descanso no alto da Serra. O centro da cidade está a 1.200 mts de altitude e o seu principal ponto turístico chega a 1.860 mts.; o Pico Agudo. Hospedar-se numa das pousadas da estância climática, com chalés encravados nas montanhas, deitar à rede e ouvir pássaros cantar. Se você procura sossego para fugir ao estresse do dia-a-dia, Santo Antônio pode ser uma boa pedida.

Principais Pontos Turísticos

Trilhas e cachoeiras

Quem criar coragem e pular da rede, pode percorrer uma das trilhas que levam a cachoeiras ou picos da região. A 5 quilômetros do centro de Santo Antonio, a cachoeira do Lageado é uma das mais visitadas. Está num terreno que pertence à família Souza há três gerações ou mais de 150 anos. O local conta com espaço para piquenique, lanchonete e banheiros. É cobrado 1 real como taxa para visitação. A queda de uns 20 metros forma um chuveiro desfrutado pelos mais corajosos, que não temem o frio. O ribeirão tem águas rasas, que permitem o banho sem riscos. Para chegar ao Lageado percorre-se uma estradinha esburacada, com muitas subidas e descidas. Atenção: a sinalização é péssima. É preciso contar com a boa vontade dos moradores ou contratar um guia local para encontrar o caminho.

Pico Agudo

Para os praticantes do vôo livre o que interessa mesmo em Santo Antonio é um local chamado Pico Agudo. A 9 quilômetros do centro e 1.700 metros de altitude é possível ter uma belíssima visão de 360¼: de um lado todo o Vale do Paraíba, do outro a Serra da Mantiqueira. Nos dias em que os ventos estão propícios, o alto do morro mais parece um estacionamento de asas-deltas e paragliders, os chamados pára-quedas de montanhas. O céu fica coalhado de pontos coloridos e o espetáculo é de encher os olhos, mesmo para quem tem medo até de subir escadas.

Passeio Campos do Jordão/ Santo Antônio do Pinhal

19 km que ligam as estâncias de Campos do Jordão e Santo Antônio do Pinhal. Durante o percurso o trem faz parado em diversos pontos turístico além de outras mais rápidas para fotos e filmagens.

Mirante Nossa Senhora Auxiliadora

No trevo de acesso a Santo Antônio do Pinhal, próximo á Estação da Estrada de Ferro Campos do Jordão, no alto do morro ergue-se uma grande imagem de Nossa Senhora Auxiliadora, com um pátio ao redor, de onde se avista o Vale do Paraíba.

Morro do Cruzeiro e Trilha das Cruzes

No centro da cidade, do alto do morro onde se ergue uma grande cruz, pode se ter uma visão panorâmica da cidade, e de onde também se inicia a trilha ecológica das cruzes.

Casa do Artesão

Localizada praça do Artesão, a Casa do Artesão oferece ao turista tricô, crochê, pintura, bordado, escultura e muito mais. No local acontecem vários eventos entre eles, a Festa do Pinhão.

Fonte Santo Antônio

Em frente à praça do Artesão (mais conhecida como praça da fonte). Sua água é radioativa, mineral, muito pura e de agradável sabor.

Fonte Santo Estevão

Localizada no centro da cidade próxima à Igreja Matriz, a Fonte Santo Estevão possui água ferruginosa.

Fonte São Geraldo

Localizada na entrada da cidade, no km 163, A fonte São Geraldo possui água magnesiana, pura e muito leve.

EVENTOS

Janeiro

- Jogos de Verão

- Exposição de Artesanato e Produtos Hortifrutigranjeiros

12 à 21 - Festa de São Sebastião

Fevereiro

- Carnaval

18 - Festa da Emancipação

Abril

- Feira do Tricô

- Encenação da Via Crucis

- Festa de São Benedito

Maio

- Festival da Viola

Junho

- Corpus Christi

13 - Festa do Padroeiro - Santo Antônio

13 - Aniversário da Cidade

- Festa do Peão de Boiadeiro

- Festa do Pinhão

Julho

- Festival de Danças Juninas

- FeirArte e Festa das Orquídeas

- Inverno nas Montanhas - Apresentações Musicas (2º Quinzena)

- Festival do Jazz

- Enduro Eqüestre

Agosto

- Undokae

Setembro

- Campeonato de Voô Livre

- Jogos da Primavera

Outubro

- Campeonato de Vôo Livre

- Festa do Divino

12 - Festa de Nossa Senhora Aparecida

19 à 28 - Festa de São Vicente de Paula

Novembro

- Festival de Dança e Música Folclórica

Dezembro

- Festa das Nações - Feira com barracas de vários países.

- Natal na Serra.

 

Site da cidade

http://www.santoantoniodopinhal.sp.gov.br

 

Fonte

http://citybrazil.uol.com.br/sp/stoantoniopinhal/index.php

http://www.ferias.tur.br/informacoes/9632/santo-antonio-do-pinhal-sp.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Santo_Ant%C3%B4nio_do_Pinhal

http://www.santoantoniodopinhal.sp.gov.br/cidade.asp?pag=1

 
MAIS SOBRE Santo Antonio do Pinhal:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Santo Antonio do Pinhal:
 
08/06

Favor informar valor total para o casal em duas datas: 08/07 as 20h - saida 10/07 proxima data: entrada 12/08 as 20h e saida 14/08 as 16h

Enviado por Elena G. Nascimento às 12h46
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions