Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Bertioga

A cidade, conhecida como balneário na região da baixada santista de São Paulo, reserva surpresas com uma das mais longas áreas de Mata Atlântica que ainda resiste no país. Pela mata é possível fazer diversas trilhas para cujos pontos de partida se vai muitas vezes de barco, pelos três rios que predominam na região. Os caminhos apresentam diversidade de vegetação e muitos dados históricos. São 482 quilômetros quadrados cravados em áreas de preservação ambiental, banhados por 33 km de praias.

Geografia

A população estimada em 2006 era de 43.763 habitantes e a área é de 491,2 km², o que resulta numa densidade demográfica  de 72,80 hab/km².

Seus limites são Mogi das Cruzes, Biritiba-Mirim e Salesópolis  a norte, São Sebastião a leste, o Oceano Atlântico a sul com o Guarujá  (com a ilha de Santo Amaro defronte à cidade) e Santos  a oeste.

O clima de Bertioga é o subtropical úmido, com verões quentes e invernos brandos, com a ausência de mês seco, sendo julho o mês mais frio com média de 17°C e o mês mais quente é fevereiro, com média de 24°C.

Demografia

Dados do Censo - 2000

População total: 30.039

* Urbana: 29.178

* Rural: 861

o Homens: 15.511

o Mulheres: 14.528

Densidade demográfica (hab./km²): 61,15

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 18,38

Expectativa de vida (anos): 69,93

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 3,08

Taxa de alfabetização: 91,74%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,792

* IDH-M Renda: 0,744

* IDH-M Longevidade: 0,749

* IDH-M Educação: 0,882

COMO CHEGAR

A partir de São Paulo, a opção é seguir é seguir pela rodovia Presidente Dutra e pegar a rodovia Mogi-Bertioga (SP 070). Outra alternativa é ir pela rodovia Anchieta-Imigrantes (SP 150 e SP 160) até o Guarujá e de lá pegar um ferry-boat até Bertioga (da ferry-boat saindo de Guarujá)

Localização

Região Metropolitana da Baixada Santista

Limites

Norte: Mogi da Cruzes, Biritiba-Mirim e Salesópolis

Sul: Oceano Atlântico e Guarujá

Leste: São Sebastião

Oeste: Santos

Acesso Rodoviário

Rodovia Dr. Manoel Hipólito do Rego - Rodovia Prestes Maia (Rio-Santos).

Rodovia Anchieta ou Imigrantes - Conêgo Domenico Rangoni (antiga Piaçagüera-Guarujá) - Dr. Manoel Hipólito Rego.

Rodovia Anchieta ou Imigrantes - Cônego Domênico Rangoni - Ariovaldo Vianna (Guarujá-Bertioga) - Balsa Guarujá - Bertioga.

Rodovia Presidente Dutra - Rodovia Ayrton Senna - Rodovia Mogi-Bertioga.

Via Dutra - Rodovia dos Tamoios - Rodovia Dr. Manoel Hipólito do Rego.

Distâncias

Guarujá: 40 km

Mogi das Cruzes: 65 km

São Paulo: 108 km

Santos: 50 Km

Rio de Janeiro: 510 km

São Sebastião: 100 km.

 

História

Bertioga foi um distrito de Santos até 1991, quando tornou-se um município independente. Seu nome tem sua origem no Tupi antigo falado na costa e que significa em tese Piratyoca, ou seja, casa do peixe branco. Para outros no entanto, significaria Buritioca, ou casa do macaco buriti, versão menos provável e menos aceita que a primeira. Seja como for, durante o início da colonização no século XVI, a região era considerada de transição entre o território tupinambá que ia desde o Cabo de São Tomé no Rio de Janeiro, até o rio Juqueriquerê em Caraguatatuba e o território dos tupiniquins que ia desde as cercanias de São Vicente, passando por Itanhaém  e Peruíbe, até Cananéia. Sofrendo constantemente ataques dos tupinambás de Ubatuba (em Angra dos Reis) que se reuniam com suas canoas no local do mesmo nome Ubatuba mais tarde chamada de Yperoig e atual cidade do Litoral Norte Paulista, os portugueses do núcleo vicentino decidiram construir o Forte de Bertioga, pelo qual certa vez ficou responsável Hans Staden, um mercenário alemão a serviço do rei de Portugal, que foi capturado pelos tupinambás mas foi libertado por intervenção dos franceses, aliados dos tupinambás. Retornando à Alemanha escreveu um livro sobre suas aventuras no Novo Mundo ("História Verdadeira e Descrição de uma Região de Pessoas Selvagens, Nuas, Sombrias e Canibais no Novo Mundo, América"). Este livro vendeu muito na época principalmente porque nele Staden alega que os tupinambás eram canibais.

Fundação        19 de maio de 1991

Gentílico         bertioguense

Administração

Prefeito: JOSE MAURO DEDEMO ORLANDINI

 

DADOS ECONÔMICOS E SOCIAIS

Produto Interno Bruto (PIB)*: R$ 265.344.967,00 (2003)

Renda Per Capita*: R$ 7.081,72 (2004)

Principais Atividades Econômicas: turismo e comércio.

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,792 (PNUD - 2000)

Taxa de Alfabetização: 91,7 %

 

TURISMO

Principais Pontos Turísticos

Acquaride no Itapanhaú

Descida de corredeiras nível 1 e 2 (o nível de dificuldade é em ordem numérica crescente) para iniciantes, e 3 e 4 para os mais experientes. Partida da praia da Enseada, no centro.

Caminhada à Vila de Itatinga

A vila é formada por cerca de 70 casas, em estilo inglês. Foi planejada e construída para atender às necessidades dos funcionários da Usina Hidrelétrica e Itatinga. Só pode ser visitada com autorização da Codesp - Companhia Docas do Estado de São Paulo ou por passeios monitorados por empresas credenciadas de turismo.

O passeio começa de barco, no rio Itapanhaú. São aproximadamente 50 minutos de navegação a partir do porto Palmares ao portinho de Itatinga. Depois, segue-se de Maria Fumaça (trem) por um percurso de 7 km, passando por mangues, ruínas do séc. XVII e riachos vindos da serra. Lá existem três passeios que levam através de caminhadas à piscinas naturais e cachoeiras (nível médio, 5km de percurso, 6h30 de duração).

Canoagem no Itaguaré

Águas calmas e vegetação de mangue são as características de um passeio de 4h realizado em canoas canadenses – as mesmas utilizadas em corridas de aventura.

Trilha d’água

Começamos este passeio com a travessia do rio itapanhaú com uma embarcação segura e pegamos a trilha que leva à captação de água da colônia de férias da sesc- bertioga. No final da trilha encontraremos uma bela piscina natural, que após um delicioso banho, nos repõe energia para volta. (Nível leve, 6km, 3 horas de duração).

Trilha do Caiubura

Caiubura é um bairro de Bertioga, que fica na divisa com Santos e seu acesso é pela rodovia Rio-Santos. São aproximadamente 4 km, tendo lindas vistas nos topos e nas descidas, quase sempre encontramos os riachos que são próprios para nosso descanso e matar a sede. (Nível médio, 4km, 4 horas de duração).

Trilha do Jaguareguava

A trilha do Jaguareguava fica no Vale do Rio Jaguareguava, que é afluente do Rio Itapanhaú, sofrendo assim a influência das marés. Sendo um rio raso e de águas cristalinas, propicia para quem está fazendo a trilha uma visão do fundo do rio. (Nível médio, 6km, 5 horas de duração).

Surfe em São Lourenço

Praia boa para a prática de surfe, já que o mar, às vezes, se torna violento e perigoso. São 5.5 Km de mar limpo e águas transparentes. A praia de São Lourenço é o point do verão, pois em sua Orla, está situada a badaladíssima Riviera de São Lourenço. Outras praias indicadas para o surfe e o bodyboarding são Boracéia e Itaguaré.

Náutica

O canal de Bertioga, local de encontro das águas dos rios com a do Oceano, é uma Marina natural à espera do turista voltado às atividades náuticas. Escunas estão atracads próximas ao forte São João à disposição de turista que desejam apenas um agradavel passeio ao longo da região costeira do município. O Forte São João é o mais antigo do Brasil, construido em 1547. O aluguel de barco em Bertioga ainda é uma atividade um pouco tímida, voltada especialmente para a pesca.

Noite na Riviera

Um dos ‘points’ da Baixada da Santista, hoje em dia possui um clima mais tradicional e a noite pede um passeio pelo centro, onde há shopping e restaurantes.

Forte São João - O forte mais antigo do Brasil

Uma viagem ao tempo, mais especificamente ao início da colonização do Brasil, é o que proporciona a visita ao Forte, erguido para defender as vilas de Santos, São Vicente e São Paulo de ataques de inimigos e indígenas. Inicialmente chamado de São Thiago, foi construído em paliçada de madeira, em 1531. Durante um ataque indígena dos tupinambás aos tupiniquins, teve toda sua construção destruída por um incêndio. Foi novamente erguido, desta vez em alvenaria, em 1547. Em 1765 passou a se chamar Forte São João devido a uma Capela erguida a este santo, quando das reformas precedidas na casa da guarnição da fortaleza. Em 1817, a fortaleza passou por sua última grande reforma, deixada em detalhes através de um memorial descritivo, arquivado pelo Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Em 1940, foi considerado Patrimônio Histórico e tombado pelo Instituto. Localizado no Canal de Bertioga, cartão-postal da cidade, o forte é administrado pela Prefeitura, que, desde 2001, na atual gestão, desenvolve um projeto de resgate histórico denominado Conheça a Nossa História, destinado às escolas e grupos de turistas. Considerado pelo Iphan o forte mais bem-conservado do Brasil, é também o primeiro monumento de arquitetura militar construído no País. No local, encontram-se artefatos, réplicas de espadas, arcabuzes, canhões, armamentos utilizados pelos portugueses no século 16 e várias salas temáticas que contam passagens de José de Anchieta pela região, do artilheiro alemão Hans Staden e um espaço que mostra como vivia uma família tupiniquim no século 16, com esculturas em tamanho natural. Há também uma sala do artesanato indígena trazido pelos próprios participantes da Festa Nacional do Índio, que acontece anualmente na cidade com representantes de várias etnias do Brasil. Na área do entorno fica o Parque dos Tupiniquins, onde está localizada a única estátua do cacique tupinambá Cunhambebe do País. Visitação: O Forte São João abre diariamente, das 9h às 17h.

Praia da Enseada

Com 12 km de extensão, é a mais movimentada. Começa no Centro da cidade, no encontro com o Canal de Bertioga, e segue até o bairro do Indaiá. Possui larga faixa de areia clara e dura, mar aberto bom para banhos e pesca de arremesso. Ideal para o surfe nos trechos em frente ao Hotel Marazul 27 e na Colônia do Sesc-Bertioga. Já no trecho do Indaiá, o mar tem águas claras, com poucas ondas, próprias para crianças e prática de esportes náuticos, além de mergulhos.

Praia de São Lourenço

São 4,5 km de mar limpo, desde o empreendimento Riviera de São Lourenço até o Jardim São Lourenço. No píer são realizados campeonatos de surfe.

Praia de Itaguaré

Com acesso pelo Jardim São Lourenço, é um dos locais mais procurados por surfistas. São 3,5 km com faixa de areia dura e larga e mar aberto, sendo que em uma de suas extremidades deságua o rio que leva o mesmo nome. É ótima para banhos, pesca de arremesso e considerada a única praia virgem da região. Com acesso também pela Rio-Santos, sentido Bertioga-São Sebastião, há entrada para a Barra do Itaguaré. No local, são alugados caiaques e canoas para passeios no rio.

Praia de Guaratuba

São 8 km de tranquilidade, com água limpa, mar aberto e área de condomínios com casas de veraneio. Na ponta norte, fica a barra do Rio Guaratuba, ideal para reunir a família e amantes da pesca amadora. As areias claras se misturam à barra do rio e ao mar que garantem muita diversão e banhos aprazíveis.

Praia de Boracéia

São 4,7 km de faixa larga de areia e mar aberto até a divisa com São Sebastião. No local, há total infra-estrutura com quiosques e campings, onde é possível fazer refeições e se hospedar com simplicidade. Nessa praia acontece, anualmente, o tradicional Torneio de Pesca promovido pelo Clube Aramaçan, de Santo André.

EVENTOS

Janeiro/ Fevereiro

- Projeto Verão

Março

- Prova Cidade de Bertioga - Torneio de Pesca de Lançamento - Praia de Boracéia.

Abril

- Travessia Marítima Atlantis & Bertioga - prova de natação - Praia do Indaiá

19 à 22 - Festa Nacional do Índio

Junho

13 - Dia do Padroeira - São João Batista

- Festa Junina - Rodovia Rio-Santos, junto ao trevo de Bertioga.

- Farrancho do Divino

29 - Festa de São Pedro

Julho

- Copa de Vela na Praia do Indaiá

- Festa da Tainha - Rodovia Rio-Santos, junto ao trevo de Bertioga.

12 à 27 - Festival de Inverno - Praça Antônio Ermínio de Moraes - Praia do Indaiá

Agosto

- Festa do Camarão na Moranga -  Rodovia Rio-Santos, junto ao trevo de Bertioga.

- Enduro Eqüestre na Riviera de São Lourenço

- Festa do Pastel

- Festa do Azul Marinho

Setembro

- Festa da Primavera - Praça da Primavera, Jardim Rio da Praia

Novembro

- Prova de Natação 14 Bis - Canal de Bertioga

 

Fonte

http://citybrazil.uol.com.br/sp/bertioga/dados-gerais

http://www.ferias.tur.br/informacoes/8967/bertioga-sp.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Bertioga

http://www.bertioga.sp.gov.br/secretarias.php?secao=12

 

Site da cidade

http://www.bertioga.sp.gov.br

 
MAIS SOBRE Bertioga:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Bertioga:
 
15/04

Como faço para chegar até Riviera de São Lourenço, moro no interior de SP em São José do Rio Preto. Grata!!

ADRIA, clique aqui para saber:

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - RIVIERA DE SÃO LOURENÇO/BERTIOGA

Enviado por adria e r de oliveira às 17h00
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions