Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Mongaguá

Mongaguá é um dos 15 municípios paulistas considerados estâncias balneárias pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Balneária, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

Mongaguá conta com 13 Km de orla marítima em uma única praia, dividida somente por bairros ao longo de sua extensão. Município bem urbanizado que recebe um grande número de turistas na temporada.

Possui rios navegáveis, onde circulam somente barcos de pequeno calado. O Rio Mongaguá que deu o seu nome ao Município, atravessa o centro da cidade com suas margens urbanizadas.

Uma das maiores atrações de Mongaguá, a plataforma de pesca, bem como o point preferido dos surfistas por proporcionar boas ondas.

Geografia

A população estimada em 2006 era de 46 977 habitantes e a área é de 137 km², o que resulta numa densidade demográfica  de 292,33 hab/km².

* Topografia: 60% plana e 40% montanha.

* Altitude: Em terreno plano nas zonas urbanas e rurais, a altitude é de apenas 2 metros em relação ao nível do mar.

Distâncias

o São Paulo: 91km

o Santos: 43km

o Bertioga: 60km

o Guarujá: 45km

o São Vicente: 30km

o Praia Grande: 20km

o Itanhaém: 18km

o Peruíbe: 43km

o Itariri: 69km

Limites

o Norte: São Vicente

o Sul: Oceano Atlântico

o Leste: Praia Grande

o Oeste: Itanhaém

Acesso Rodoviário

Partindo de São Paulo: Rodovias Anchieta (SP-150) e imigrantes (SP-160) até Santos e depois Rodovia Padre Manoel da Nóbrega (SP-055).

Demografia

Dados do Censo - 2000

População total: 35 098

* Urbana: 34 942

* Rural: 156

* Homens: 17 996

* Mulheres: 17 102

Densidade demográfica (hab./km²): 256,19

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 17,53

Expectativa de vida (anos): 70,36

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,85

Taxa de alfabetização: 92,64%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,783

* IDH-M Renda: 0,729

* IDH-M Longevidade: 0,756

* IDH-M Educação: 0,865

 

História

O português Martim Afonso de Souza desembarcou na Ilha de São Vicente em 22 de Janeiro de 1532, criando o primeiro núcleo populacional do Brasil, uma história rica, com muita beleza natural e nessa história está a cidade de Mongaguá que pertenceu por muitos anos a São Vicente, se libertou em 24 de Dezembro de 1948 quando passou a ser do Município de Itanhaém.

Com a criação do Distrito de Mongaguá o desenvolvimento no setor comercial toma uma grande impulso. Em menos de 10 anos, após a criação do Distrito de Mongaguá, o movimentos de emancipação tomou conta de cada esquina, pois a cidade atendia às exigências da Lei de Emancipação. O povo é convocado para participar desse movimento. Só que esse sonho quase se torna um pesadelo, pois o IBGE, instituto que faz recenseamento, o qual publicara em 1950 os números de habitantes de Mongaguá: 444 homens e 382 mulheres num total de 826 habitantes. Graças a colaboração da Empresa Elétrica de Mongaguá que tinha o controle das moradias particulares, constatou-se que com a população flutuante da cidade, estavam cadastrados 6.000 habitantes.

Cumprida então as formalidades legais, foi marcada a 7 de Dezembro de 1958 o plebiscito determinado pela Assembléia Legislativa de São Paulo é marcado pelo juiz de 119ª Zona Eleitoral a eleição do plebiscito. E o desejo da população de Mongaguá foi alcançado com uma votação esmagadora e o plebiscito foi aprovado. Em 31 de Dezembro de 1958 o governador, Dr. Jânio da Silva Quadros assina a Lei e Mongaguá é elevado a categoria de Cidade, pela criação do Município.

Neste olhar retrospectivo do passado, não poderia faltar uma referência, breve que seja, a um monumento histórico que foi, nos tempos idos o atual Hotel Clube Marinho, quer porque evoca a personalidade do Dr. Fernando Arens Júnior, como desbravador do sertão que era então a Praia Grande, quando do seu espírito de bandeirante ergueu aquele velho casarão, quer porque ele representa uma fase histórica de Mongaguá. Durante muitos anos o velho sobradão foi o único hotel e bar entre São Vicente e Itanhaém que se tornou o centro de convergência de famílias que se expunham aos riscos da maré e do areião em busca de uma recanto encantador e repousante de políticos, homens de negócios, banqueiros e boêmios. E foi numa dessas marés altas que o imortal Ruy Barbosa, em viagem acidentada encalhou o automóvel que o conduzia e teve que passar um pernoite no velho casarão da esquina da rua São Vicente, atual Av. Getúlio Vargas. É hoje a sede da Prefeitura Municipal.

Significado do Nome

No século XVI, os primeiros habitantes de Mongaguá foram os índios Tupi-Guarani que habitavam em suas tendas às margens dos rios Mongaguá e Iguapeú, onde a pescaria era farta. O nome de Mongaguá foi dados pelos índios, que quer dizer: Água Pegajosa, Mongaguá teve outros nomes como: Terra dos Santos dos Milagres e Terra dos Padres.

Aniversário: 7 de dezembro

Fundação: 7 de dezembro de 1959

Gentílico:  mongaguaense

Administração:

Prefeito  :  PAULO WIAZOWSKI FILHO

Economia

* Turismo, construção civil, comércio e serviços

Turismo

Mongaguá possui vários pontos turísticos interessantes, entre eles estão: uma das maiores plataformas de pesca marítima do mundo, que adentra 400 metros ao mar, formando um T.

Além de Rios para pesca, o parque Poço das Antas com uma área de lazer com cachoeiras, Parque ecológicos, Aldeia Indígena, Praias para prática de esportes náuticos, Centro Cultural com Cinema e Teatro, Turismo Rural e ecologico e muito mais.

Principais Pontos Turísticos

Poço das Antas

Este é o ponto turístico mais visitado de Mongaguá. Abençoado por Deus com rara beleza natural, o recanto ecológico possui ampla infra-estrutura, com 50 churrasqueiras, banheiros e lanchonetes. No início do século, o local era habitado por tribos indígenas e recebeu este nome devido à presença de diversos animais, principalmente antas, que buscavam as águas cristalinas do Poço para se banhar e matar a sede.

Possui estacionamento com capacidade para 100 veículos.

Outra atração do centro é a Feira de Artesanato, onde há também variada praça de alimentação.

Endereço: Av. São Paulo, às margens do Rio Mongaguá.

Plataforma Turística

Para uma cidade litorânea como Mongaguá, não há nada mais agradável e relaxante que uma pescaria. E não há lugar melhor que a Plataforma de Pesca. Ela é a segunda maior da América Latina. O píer adentra 400 metros ao mar e 200 para cada lado, formando um imenso T, com oito metros de largura. Por isso, atrai desde simples amantes do esporte até pescadores profissionais de todas as partes do País. Nesta época do ano, a plataforma é visitada por mais de 20 mil pessoas por mês.

Praça de Eventos

Se tem show de Verão, carnaval ou qualquer outra festa típica, o local só pode ser um: a Praça de Eventos Dudu Samba. É lá o principal ponto de encontro da cidade, que já foi palco de corrida de kart e shows de artistas consagrados. Mas ela abriga também eventos tradicionais, como a Festa da Picanha na Banana e o desfile de carnaval. Resumindo: o que acontece em Mongaguá, acontece na Dudu Samba.

Parque Ecológico A Tribuna

Um passeio de duas horas que coloca o visitante frente a frente com um pedaço precioso da natureza. Onde? No Parque Ecológico A Tribuna. O local, considerado um paraíso verde pelos visitantes, abriga mais de 40 tipos de aves e 60 espécies de peixes. Lá, as crianças têm diversão garantida em um amplo playground. Além disso, há um Pavilhão da Natureza, um mostruário de pedras, cristais, minerais e porções de areia e todas as praias do litoral paulista, capaz de encantar a todos.

Praias

Mongaguá possui 13 Km de belíssimas praias. As principais são Itapoã, Central, Vera Cruz, Santa Eugênia, Itaóca e Agenor de Campos, essa a mais freqüentada durante o Verão. São águas limpas que atraem tanto banhistas como surfistas.

Rio Mongaguá

Rio que nasce na Serra do Mar e deságua na praia do Centro. O trecho que corta a região central da cidade é totalmente urbanizado, o que atrai muitos pescadores e pessoas que procuram um passeio tranqüilo. Uma praça totalmente arborizada margeia o rio, tornando o lugar ainda mais encantador.

Balneário de Agenor de Campos

Segundo maior em tamanho, avançando 400 metros mar adentro.

EVENTOS

Salão de Artes Plásticas de Mongaguá

- Data: Janeiro

Feira de Artesanato do Centro Comunitário

- Data: Janeiro e Julho

Carnaval

- Data: Fevereiro

Festa Junina

- Data: Junho

Festa da Picanha na Banana

- Data: Novembro

Aniversário do Município

- Data: Dezembro

 

Site da cidade

http://www.mongagua.sp.gov.br

 

Fonte

http://citybrazil.uol.com.br/sp/mongagua/index.php

http://www.ferias.tur.br/informacoes/9374/mongagua-sp.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Mongagu%C3%A1

http://www.mongagua.sp.gov.br/

 
MAIS SOBRE Mongaguá:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Mongaguá:
 
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions