Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Registro

Registro é um município  brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se na mesorregião do Litoral Sul Paulista, na porção paulista do vale do Ribeira e é acessada por meio da rodovia Régis Bittencourt (BR-116). Sua importância em toda região rendeu-lhe o reconhecimento como "Capital" econômica, social e cultural do vale do Ribeira

Geografia

Aspectos físicos e ambientais

Registro localiza-se a latitude 24º29'15" sul e a longitude 47º50'37" oeste, entre 0 e 25 metros acima do nível do mar, na meso-região do Litoral Sul Paulista, na micro-região de Registro, que é caracterizada, quanto ao relevo, pela província costeira e, quanto à vegetação, pelas florestas úmidas de encosta. A área do município é de 742 km². É limitado ao Norte por Juquiá, ao Sul por Jacupiranga e Pariquera-Açu, a Leste por Iguape e a Oeste por Eldorado e Sete Barras.

Situada na Bacia Hidrográfica do Rio Ribeira de Iguape, apresenta rios de menor extensão, como o Carapiranga, o Guaviruva, o Capinzal e o São Francisco. O Rio Ribeira de Iguape, último grande rio do Estado de São Paulo que ainda corre livremente da nascente até a foz serviu para escoar o ouro explorado no Alto Ribeira, o arroz produzido em Registro, além de transportar produtos agrícolas e outras mercadorias em vapores de roda. O Município não abriga nenhuma Unidade de Conservação mas constitui uma área da zona de transição da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica.

Registro está situada a 187 km da cidade de São Paulo (SP) , 170Km de Sorocaba, 182Km de Santos e a 221 km de Curitiba(PR), 260 Km de (Campinas)sendo acessada através da rodovia Régis Bittencourt (BR-116)que tem 375 km duplicados dos seus 408 Km de extensão total entre São Paulo e Curitiba, tendo apenas o trecho da Serra do Mar (30 Km) com pista simples. Outra rodovia que liga o município a outras cidades é a SP-139 (Registro/São Miguel Arcanjo/SP-127/Itapetininga). A posição geográfica mostra-se, pois, bastante privilegiada (rota para as regiões Sul/Sudeste do Brasil e para o Mercado Comum do Cone Sul, o Mercosul).

Em 1981, com a construção da estação de novas pequenas estações de trem, como a de Registro, o ramal Santos-Juquiá foi prolongado pela Ferrovia Paulista Sociedade Anônima (Fepasa), já dona da linha desde 1971, até Cajati, basicamente para atender as mineradoras do vale do Ribeira e as fábricas de fertilizantes da região. A linha seguiu ativa para trens de carga que passavam quase diariamente, transportando enxofre do porto de Santos para Cajati, até o início de 2003, quando barreiras caíram sobre a linha na região do Ribeira. O transporte foi suspenso e a concessionária Ferrovia Bandeirantes Sociedade Anônima (Ferroban) desativou a linha, que foi coberta por matagal. O prolongamento do ramal Juquiá-Cajati não atendia a passageiros.

Demografia

Grupos étnicos: a população de Registro está composta por descendentes de italianos (34%), japoneses (33%), luso-brasileiros (25%), alemães (5%) e outros (4%).

A estimativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística para a população residente em Registro em 1º de julho de 2009 é de 55.168 habitantes.

A Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados(Seade) agrupa Registro entre os Municípios que apresentam baixos níveis de riqueza e níveis intermediários de longevidade e/ou escolaridade (Grupo 4), segundo dados de 2004. O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), de 0,777, é considerado médio, de acordo com a classificação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). O Município é o 338° em riqueza, 482° em longevidade e o 177° em escolaridade no Estado de São Paulo, de acordo com a avaliação do Índice Paulista de Responsabilidade Social (IPRS) 2006.

Pelo Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal de 2005 (IFDM), que mede o desenvolvimento humano, econômico e social, Registro atinge o índice 0,7227, 411º no Estado e 787º no Brasil, entre 645 municípios paulistas e 5559 municípios brasileiros diagnosticados quanto a emprego e renda, educação e saúde.

* População total: 53.752 habitantes

o urbanização

+ Urbana: 43.066 (80,1%)

+ Rural: 10.686 (19,9%)

o sexo

+ Homens: 26.837 (49,9%)

+ Mulheres: 26.915 (50,1%)

* Densidade demográfica: 75,04 habitantes por km²

* Mortalidade infantil até cinco anos de idade: 4,65 por mil nascimentos

* Expectativa de vida: 69,57 anos

* Taxa de fecundidade: 2,85 filhos por mulher

* Taxa de alfabetização: 91,40%

* Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,777 9médio)

o IDH-M Renda: 0,719

o IDH-M Longevidade: 0,743

o IDH-M Educação: 0,869

Fonte: censo do ano 2000 (IBGE).

COMO CHEGAR

Localização

Município da Região do Litoral Sul do Estado de São Paulo

Limites

Iguape, Juquiá, Jacupiranga, Sete Barras, Eldorado, Pariquera - Açu.

Acesso Rodoviário

Partindo de São Paulo: BR- 116 ( Rodovia Régis Bittecourt )

Distâncias

185 km da Capital

 

História

No tempo do Brasil Colônia, Registro era conhecido por Porto Registro. Após o início da colonização japonesa, em 1913, Registro começou a desenvolver-se. Em 1934, pelo decreto n.º. 6.665, foi criado o distrito de Paz de Registro no município de Iguape. Foi elevada a município na Comarca de Iguape pelo Decreto Lei n.º. 14.33, de 30 de novembro de 1944. Foi instalado a 1º. de janeiro de 1945. Durante o século, o rio foi a única alternativa de acesso a registro. Com a abertura da Rodovia BR 116 a cidade alcançou seu pleno desenvolvimento, chegando a ser, hoje, a Capital do Vale do Ribeira.

Na época do Brasil Colônia, era conhecido como Porto Registro, para posteriormente ser, por simplificação, chamado somente Registro.

Significado do Nome

Na época do Brasil Colônia, era conhecido como Porto Registro, por ser passagem obrigatória para registrar o ouro garimpado em Eldorado e Sete Barras, para posteriormente ser, por simplificação, chamado de Registro.

Fundação: 30 de Novembro de 1944

Gentílico: registrense

 

Administração

Prefeito: GILSON WAGNER FANTIN

Economia

Agropecuária

O Pólo Regional de Registro é responsável por mais de 50% da produção de banana no Estado de São Paulo, que, por sua vez, é o estado que mais produz o fruto.

Registro é pioneiro na plantação de chá em toda a América Latina. A cultura do chá-da-índia - Camellia sinensis (L.) Kuntze - no Brasil concentra-se na região do vale do Ribeira, principalmente nos municípios de Registro e Pariquera-Açu. Os principais países importadores do chá preto de Registro são Reino Unido, Alemanha, Holanda, Estados Unidos e Chile. Como 90% da produção de chá preto é exportada, a remuneração do dólar também afeta diretamente o preço pago pelo produto e os consequentes rendimentos das fábricas. Os preços recebidos pelo produto brasileiro no mercado internacional, para onde se destina a maior parte da produção, mostraram-se crescentes, de 1996 a 1998 (período em que a moeda brasileira esteve valorizada) e decrescentes de 1999 a 2002 (período de desvalorização do real). A instabilidade das condições climáticas e as chuvas irregulares também estimularam muitos produtores a reduzir ou até mesmo a extinguir a produção.

Fonte: Instituto de Economia Agrícola (IEA)

A cidade é conhecida também pelo plantio de junco e pela confecção de artefatos produzidos com esse material (esteiras, sacolas, jogos americanos e chinelos de palha com solado de borracha, entre outros produtos). O Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) possibilitou a união dos produtores para a confecção de novos produtos derivados de junco, como bolsas, mochilas, pastas, almofadas, tapetes, sandálias, chapéus, viseiras, jogos americanos, caixas, cestos, almofadas e pufes, esteiras de tatame caneladas, com travesseiros, bolsos, dobráveis e para a prática de ioga.

Levantamento da Coordenadoria de Assistência Técnica Integrada (CATI) realizado em 1998 mostrava que Registro era o município que mais produzia arroz no vale do Ribeira. Essa cultura ocupava 630 hectares no município naquele ano. Além do plantio de plantas ornamentais e da pupunha, a criação de búfalos tem se mostrado um negócio de sucesso e o município já produz muçarela orgânica certificada.

Comércio e indústria

Principal centro comercial da região do vale do Ribeira, Registro apresenta galerias comerciais, filiais de redes de comércio e revendedoras de veículos automotivos. Seu Distrito Industrial possui capacidade para até quinze indústrias em uma área de 240 mil metros quadrados. Oito indústrias estão em funcionamento e outras cinco estão em fase de instalação no parque industrial do Município. As empresas em atividade produzem purê de banana, confecções, muçarela de búfala, esquadrias de madeira, artes em concreto, reciclagem e cromeação.

Religião

podem visitar o Templo Budista Honpa Hongwanji (Templo do Juramento Universal de Amida, o Buda da Terra Pura do Oeste), construído em 1967, e o Bunkyo, sede da Associação Cultural Nipo-Brasileira de Registro, situado na Praça da Integração Brasil-Japão.

Educação

Ensino técnico Além dos cursos já oferecidos pelo Instituto Sorocabano de Ensino Profissionalizante (INSSEP), de Imobilização Ortopédica, técnico de Enfermagem, habilitação em técnico de Enfermagem, técnico em Radiologia e técnico de Segurança do Trabalho, há aqueles oferecidos pelo Instituto Técnico do Vale do Ribeira (ITEC), de técnico em Patologia Clínica, técnico em Prótese Dentária, técnico em Informática e técnico de Enfermagem.

O Município deve contar ainda com uma Escola Técnica Federal do Vale do Ribeira a ser implantada em 2008 pelo Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET), que deve oferecer cursos nos níveis médio e superior. Registro também deve abrigar em breve uma Escola Técnica Estadual (ETEC).

Ensino superior

Em Registro estão instalados um Campus Experimental da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), um Pólo Educacional de ensino superior à distância da Universidade de Santo Amaro (Unisa) e o campus da Sociedade de Cultura e Educação do Litoral Sul (Scelisul).

O Campus Experimental de Registro da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp) oferece a cada ano 40 vagas no Curso de Graduação em Agronomia. O Projeto Pedagogia Cidadã, parceria entre Unesp e Prefeitura, oferece também formação de professores em nível superior para lecionar na rede pública municipal.

O Pólo Educacional Digital de Registro da Universidade de Santo Amaro (Unisa) oferece cursos de Graduação à distância de Administração de Empresas, de Ciências Contábeis, de Bacharelado em Comunicação Social - Publicidade e Propaganda, de Licenciatura em Geografia, de Licenciatura em História, de Licenciatura Plena em Letras - Português, de Licenciatura Plena em Matemática, dePedagogia: Magistério na Educação Infantil e nas séries iniciais do Ensino Fundamental, de Bacharelado em Serviço Social e de Sistemas de Informação. Oferece ainda Graduação Tecnológica de Tecnologia em Gestão Comercial, de Tecnologia em Gestão da Qualidade, de Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos, Tecnologia em Gestão de Turismo, Tecnologia em Gestão Financeira, de Tecnologia em Logística, de Tecnologia em Marketing e de Tecnologia em Segurança do Trabalho. Há ainda Pós-Graduação em Gestão Educacional e em Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva.

Os cursos oferecidos pela Sociedade de Cultura e Educação do Litoral Sul (Scelisul) no Município são Administração de Empresas, Gestão Ambiental, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, História, Ciências Biológicas, Hotelaria, Ciências Contábeis, Letras, Direito, Matemática, Educação Física, Nutrição, Enfermagem, Pedagogia, Fisioterapia e Química.

Turismo

No Município há alternativas de passeio rurais, onde se podem praticar cavalgadas e pesca amadora e esportiva. Pode-se visitar a Estação Experimental de Zootecnia de Registro, no Instituto de Zootecnia, onde é desenvolvida a criação de búfalos. Existe ainda o projeto para construção de um museu do chá no Município. Na zona rural é possível observar a influência dos japoneses na concepção arquitetônica das residências. Entre as opções de passeio e recreação estão o bosque municipal e as praças públicas:

* o Bosque Municipal Torazo Okamoto é um local arborizado com trilhas e palco para apresentações artísticas. É cortado pelo Rio Carapiranga.

* a Praça dos Expedicionários possui chafariz, área coberta e lanchonete. Apresenta espaço para realização de eventos e feiras e para prestação de serviços à população. Sediava a Rodoviária Municipal e foi reformada no final da década de 1990. Em 2008 recebeu uma escultura do artista plástico Yutaka Toyota. O nome da praça é uma homenagem à força militar brasileira de 25.300 homens que lutou ao lado dos Aliados, na Itália, durante a Segunda Guerra Mundial (a FEB, Força Expedicionária Brasileira).

* a arquitetura japonesa da Praça Cidade de Nakatsugawa remete à cidade-irmã e foi construída no ano da celebração do convênio entre as duas cidades (1980) e passou por reformas por ocasião das comemorações do Centenário da Imigração Japonesa em 2008.

* o "Parque Prefeito José de Carvalho", a popular "Praça Beira Rio", situada às margens do Rio Ribeira, tem como opções de lazer: ciclovia, pista de skate, área de recreação infantil. Há ainda o Monumento às Vítimas do Rio Ribeira de Iguape, local de celebração do culto religioso que antecede o Tooro Nagashi.

Na Praça Beira Rio, no local onde se encontrava uma árvore guaracuí - Andira anthelmia (Vell.) J.F. Macbr., um dos símbolos do município - foi instalada uma obra também denominada Guaracuí (uma flor estilizada de 7m de altura, em aço) que a artista plástica Tomie Ohtake doou em 2002 ao município em homenagem aos imigrantes japoneses.

Ainda na Praça, o Centro de Educação e Cultura KKKK, conhecido também como antigo Casarão do Porto, é um conjunto constituído de engenho de beneficiamento de arroz e quatro armazéns que começou a ser construído em 1919 pela KKKK à margem direita do Rio Ribeira de Iguape. O estilo inglês típico do início do século XX foi favorecido pela produção abundante de telhas e de tijolos de barro na região. Devido à sua importância histórica e arquitetônica o Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico do Estado de São Paulo (Condephaat) tombou o prédio do KKKK em 1987. A Prefeitura de Registro desapropriou o conjunto arquitetônico e o declarou como de utilidade pública, pelo decreto nº174 de 1990, repassando-o em 1996 à Secretaria da Educação para um projeto em conjunto. Em 1999 iniciou-se a restauração do conjunto por uma empresa especializada, mantendo características originais. O Centro de Educação e Cultura abriga atualmente:

* o Anfiteatro, local de realização de eventos públicos e espetáculos teatrais;

* o Memorial da Imigração Japonesa Vale do Ribeira, cuja exposição de utensílios agrícolas, roupas, esculturas, documentos, livros, mapas e fotografias conta a história e os costumes dos primeiros imigrantes japoneses. Foi fundado em janeiro de 2002;

* o Pólo de Capacitação de Educadores, planejado para abrigar cursos de capacitação profissional e Oficinas;

* o Projeto Guri, desenvolvido desde 1995 pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo para "desenvolver as habilidades e potencialidades de crianças e adolescentes de áreas culturalmente carentes através da música, reconhecendo esta arte como agente de fortalecimento na construção da cidadania" formando "corais infantis, conjuntos de violões e outros agrupamentos instrumentais";

Templo Budista

Os admiradores da arquitetura oriental podem visitar o Templo Budista Honpa Hongwanji (Templo do Juramento Universal de Amida, o Buda da Terra Pura do Oeste), construído em 1967, e o Bunkyo, sede da Associação Cultural Nipo-Brasileira de Registro, situado na Praça da Integração Brasil-Japão. Nessa praça foi instalada uma das esculturas comemorativa do centenário da imigração japonesa no Brasil do artista plástico Yutaka Toyota. "Portal do Sol" é inspirada nas antigas máquinas de beneficiamento de arroz e de chá utilizando as peças originais, que modelam e simbolizam as benfeitorias que os japoneses e seus descendentes teriam proporcionado para a região.

Os praticantes de esportes costumam conhecer o Centro Esportivo Governador Mário Covas, um conjunto formado por pista de atletismo, campo de futebol e ginásio poliesportivo com capacidade para cinco mil pessoas. Sedia eventos esportivos regionais, estaduais e a Exposição de Orquídeas. Outro espaço conhecido é o Estádio Municipal Brigadeiro do Ar Alberto Bertelli, campo de futebol que sedia competições municipais e regionais. O nome é uma homenagem a um dos maiores aviadores acrobatas civis do Brasil. Alberto Bertelli recebeu vários prêmios como piloto do interior e em competições de acrobacia e de corridas aéreas, caça aos balonetes e lançamentos de mensagens. Residiu em Registro por quase três décadas.

Entre as pricipais igrejas católicas estão a Matriz de São Francisco Xavier, inaugurada em 11 de maio de 1933 (São Francisco Xavier foi um missionário espanhol que relizou missões na Ásia, é Patrono dos missionários e padroeiro do Município de Registro e da Diocese de Registro) e a de Nossa Senhora de Fátima. O Município pertence à Diocese de Registro, área que corresponde a uma subdivisão territorial de 13.400 km² de área no Estado de São Paulo.

 

Site da cidade

 

http://www.registro.sp.gov.br

 

Fonte

http://citybrazil.uol.com.br/sp/registro/index.php

http://www.ferias.tur.br/informacoes/9549/registro-sp.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Registro_%28S%C3%A3o_Paulo%29

http://www.registro.sp.gov.br/

 
MAIS SOBRE Registro:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Registro:
 
18/05

GOSTARIA DE TER O TELEFONE DE VOCES -

 

SPCIDADES: 14 3625 1903 (Bazar Comunicação)

Enviado por SANDRA ROSA DIAS às 08h25
15/08

eu aaaaaaaaammmmooooooo minha cidade de coraçãoo!!!!!!

Enviado por greice keli às 10h11
18/06

gostaria de saber o mais rápido possível a história do estádio Mario Covas (ano em que foi fundado)

Enviado por Kimberly Raiane às 21h40
08/07

gostaria de saber sobre o Instituto Sorocabano de Registro,me disseram que é a melhor escola tecnica do vale do Ribeira

Enviado por INST SOROCABANO às 19h58
29/06

Fiquei sabendo sobre a melhor escola tecnica da cidade de Registro Instituto Sorocabano,pois trabalho com uma ex aluna aqui em Sorocaba ,e vi que eles tem um diferencial ,parabens Registro pela qualidade de Ensino,pelo menos na area Tecnica,vou marcar uma visita para conhecer a escola pessoalmente.

Enviado por carla às 08h53
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions