Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Pompéia

Pompéia é um município brasileiro  do estado de São Paulo. Atualmente, Pompéia destaca-se pelo nível de desenvolvimento já atingido e o caminho progressista que vem percorrendo. Com cerca de 18 mil habitantes

Geografia

Localiza-se a uma latitude 22º06'31" sul e a uma longitude  50º10'18" oeste, estando a uma altitude de 597 metros. Sua população estimada em 2004 era de 18.651 habitantes.

Possui uma área de 786,406 km².

Demografia

Dados do Censo - 2000

População Total: 18.171

* Urbana: 16.722

* Rural: 1.449

* Homens: 8.993

* Mulheres: 9.178

Densidade demográfica (hab./km²): 23,11

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 10,71

Expectativa de vida (anos): 74,24

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 2,38

Taxa de Alfabetização: 91,50%

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,816

* IDH-M Renda: 0,734

* IDH-M Longevidade: 0,821

* IDH-M Educação: 0,893

Hidrografia

* Rio do Peixe

* Ribeirão Caingangue

Localização

Centro-oeste do Estado de São Paulo

Limites

Ao norte com os municípios de Queiroz e Getulina, ao sul com Oscar Bressane, ao leste com Oriente e Marília e ao oeste com Quintana e Lutécia.

Acesso Rodoviário

SP-294 - Rod. Com. João Ribeiro de Barros

Distâncias

403 Km da Capital

História

A região em que se situa o atual Município de Pompéia foi primordialmente habilitada pelos índios coroados.

As primeiras penetrações ocorreram em 1852, quando o Governo Imperial concedeu posse primária das terras localizadas nas bacias dos rios Peixe e Feio a João Antônio de Moraes, Francisco de Paula Morais e Francisco Rodrigues de Campos.

Em 1919, Julio da Costa Barros, Pedro Verri, Ormindo Mota, Luís Dal Monte, Luís Scalabrini, os irmãos Pagani e outros adquiriram dos irmãos Lélio e Marcelo Pizza parte da Fazenda Guataporanga, para fins agrícolas.No terreno que comprara, Costa Barros iniciou as primeiras plantações de café, cerca de 03 anos depois. Em seguida, por determinação do proprietário da Fazenda Guataporanga, fundou a vila de Novo de Cravinhos, cujo nome foi dado em homenagem à cidade de Cravinhos (Mogiana), de onde vieram os primeiros compradores.

O roteiro de penetração para a derrubada das matas do atual município foi à estrada de ferro Noroeste do Brasil; os desbravadores seguiam até a estação de Penápolis, de onde continuavam por picadas, cerca de 90 quilômetros, até o ponto onde se erguia Novo Cravinhos. As primeiras terras foram compradas a Cr$ 0,03 o alqueire ou 30 mil reis na época.

Com sua área de mil alqueires, foi Jacutinga a primeira Fazenda a ser formada nas imediações.Seu proprietário. Rodolfo Lara Campos adquiriu-a para o plantio de café.

Nessa ocasião deu se o início ao desbravamento da mata, onde se fundou Pompéia.

Os 18 quilômetros da estrada de rodagem que liga Vila Olinda a Pompéia, foram mandados construir pelo proprietário da Fazenda Jacutinga.

Inicialmente, as terras que compõem o município pertenciam a dois grandes proprietários: Rodolfo Nogueira da Rocha Miranda (vertentes do Rio Peixe) e irmãos Lélio e Marcelo Pizza (vertentes do Rio Feio).

Por volta de 1919, veio de Cravinhos (Mogiana) para esta região o Senhor Julio da Costa Barros acompanhado de diversas pessoas, entre as quais podemos mencionar os nomes de Pedro Verri, Ormindo Mota, Luiz Dal Monte, Luiz Scalabrini, Irmãos Pagani, entre outros que aqui chegaram quando ainda era mata virgem. Adquiriram dos irmãos Lélio e Marcelo Pizza terras destinadas à agricultura, onde hoje se situam a Vila de Novos Cravinhos, a Vila Olinda e o Bairro Córrego Branco, e em 1922 foram ali feitas as primeiras plantações de café.

Em 1928, os irmãos Rodolfo Nogueira da Rocha Miranda e Luiz Miranda planejaram a formação de uma cidade e ordenaram a derrubada de 250 hectares de matas, no espigão Peixe- Feio, nas vertentes do Ribeirão Futuro: O povoado ali erigido foi elevado a distrito de paz em 17 de setembro de 1928, com o nome de Patrimônio de Otomânia, que pertenceu inicialmente ao município de Campos Novos, e em dezembro de 1928 foi desmembrado de Campos Novos e incorporado ao Município de Marília, já com o nome Pompéia, em homenagem à esposa do Senhor Rodolfo Miranda, Senhora Aretuza Pompéia da Rocha Miranda.

Em 30 de novembro de 1938, pelo Decreto Estadual 9.775, foi criado o município de Pompéia, e instalado em 1º de janeiro de 1939, e a comarca instalada em 1º de maio do mesmo ano.

Com o término da Ditadura Vargas, em 9 de novembro de 1947 foram realizadas eleições para Prefeito e Vereadores.

Aniversario da cidade: 17 de setembro

Ano de fundação: 1928

Gentílico: pompeense

Administração

* Prefeito:  OSCAR NORIO YASUDA

Economia

abriga uma das maiores indústrias de implementos agrícolas do planeta em seu forte setor industrial. A pecuária e a agricultura também orgulham a população e condizem ao perfil desenvolvimentista do município. O principal destaque da cidade é o Grupo Jacto, fabricante de máquinas agrícolas de grande porte, entre outras empresas do grupo como: Brudden, Mizumo, Unipac.

Turismo

Paróquia Nossa Senhora do Rosário

Sua primeira localização foi na rua Embaixador Macedo Soares, no ano de 1928 com o prédio construído em madeira, mudando muitas vezes de lugar, dando motivo para uma história folclórica, onde se contava que a igreja era construída em cima de um carrinho de rodas.

Sua edificação atual ocorreu em 30/06/1936, quando surgiu a necessidade da cidade ter um igreja maior, tendo como doadores do terreno de 3.666m2, o Sr. Rodolfo Miranda e sua esposa, Sra. Aretuza Pompéia da Rocha Miranda após 08 anos de existência e tendo uma população já bem formada pelo Bispo da cidade de Cafelândia, Dom Henrique Cesar Fernandes Mourão, tendo como primeiro Páraco o Padre alemão Achilles Tritsmans.

Museu da Fundação "Shunji Nishimura"

Visitar o Museu da Fundação "Shunji Nishimura" é conhecer a história de um homem enobrecido pelo empenho no trabalho e ampliar imensamente a cultura através da tradição que o comendador manteve durante toda a vida.

O museu tem uma área construída de 837 metros quadrados. Logo na entrada, o visitante se depara com duas amostras de fósseis de madeira de 90 milhões de anos. E isso é só a recepção. Lá dentro tem muitas outras coisas mais interessantes.

Fonte

http://citybrazil.uol.com.br/sp/pompeia/index.php

http://pt.wikipedia.org/wiki/Pompeia

Site da cidade

http://www.pompeia.sp.gov.br/index2.php?pag=principal

 
MAIS SOBRE Pompéia:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Pompéia:
 
15/03

amo essa cidade de paixão...morei aí e nunca me esquecerei dl...saudds ...mt saudds....meu sonho seria um dia poder voltar aí.....

Enviado por elaine cristina de oliveira magalhães às 17h50
22/12

gostaria de ver o mapa das ruas e a imagem do centro da cidede de Pompeia

Enviado por neusa da costa machado às 19h15
11/09

Tive o prazer de conhecer essa cidade e me apaixonei, pretendo futuramente morar nela....

Enviado por Vanessa Silva às 13h10
24/07

Cidade do meu coração,sinto muito tua falta.De tantas que eu conheço tu és a única...

Enviado por Eduardo Furlan às 11h36
16/04

cidade maravilhosa , quero ver a foto de como esta agora.

Enviado por maria lucia ferreira de melo às 17h25
22/02

Cidade maravilhosa, Pompéia amada, nasci aí, passei infância, um pouco da adolescência,mas faz 23 anos que moro em SP, nunca esqueço essa maravilha de cidade, de pessoas amorosas, gentis, minha gente. Ando tds os dias nessas ruas através do maps na internet. Para sempre vou te amar "Pompéia"

Enviado por Leliane Simões às 14h00
26/01

moro em campinas e estou sempre passando em pompeia ,cidade compacta tenho certeza de ser muito bacana morar em pompeia.um dia vou morar nesta cidade.

Enviado por geraldo às 09h58
23/10

Ola,eu nasci em Pompeia tenho 55 anos Minha mãe fala que eu nasci em uma fazenda chamada Guaritá.Gostaria de saber se ainda existe essa fazenda.Pois gostaria de visitar minha terra natal.Desde já agradeço

Enviado por Cicera Maria de Oliveira às 20h25
02/09

gostaria de saber se alguem desta cidade conheceu ou conhece familia mori. tipo irmãos ou algum parente de Mario Mori que vivi aqui em Spaulo -Capital.

Enviado por familia mori às 15h18
15/05

SOU NATURAL DE PÓMPEIA ME CASEI VIM MORRAR MTO GROSSO SUL RIO BRILHANTE...... SOU PÓMPEIANA DE CORACÃO.....

Enviado por CLEUSA RABALDELLI MOURA às 19h53
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions