Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Nova Luzitânia

Nova Luzitânia é um município brasileiro  do estado de São Paulo.

Geografia:

Localiza-se a uma latitude 20º51'22" sul e a uma longitude  50º15'42" oeste, estando a uma altitude de 420 metros. Sua população estimada em 2004 era de 2.802 habitantes. Possui uma área de 74,0 km².

Demografia

Dados do Censo - 2000

População Total: 2.749

* Urbana: 2.288

* Rural: 461

* Homens: 1.439

* Mulheres: 1.310

Densidade demográfica (hab./km²): 37,15

Mortalidade infantil até 1 ano (por mil): 21,96

Expectativa de vida (anos): 68,26

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,96

Taxa de Alfabetização: 84,55%

Indice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,740

* IDH-M Renda: 0,671

* IDH-M Longevidade: 0,721

* IDH-M Educação: 0,828

Limites

Com Santo Antônio do Aracanguá, Lourdes, Turiúba, Monções, Gastão Vidigal e Nova Castilho.

Distâncias

548 km da Capital.

Historia:

A busca pelo desconhecido, do novo, de um lugar para se começar uma vida nova, com desbravamento das matas e o duro trabalho para conquistar um pedaço de chão e tirar da terra o sustento da família, foi um dos fatores que segundo relatos dos próprios remanescentes, possibilitaram o povoamento de varias regiões.Nesse trabalho conheceremos detalhes dessa historia.

Com o desenvolvimento das atividades econômicas houve então um conseqüente processo de urbanização. Em nossa região o processo de colonização das terras ainda virgens começou no final do século 19, conforme documentos pesquisados junto ao Cartório de Registro de Imóveis de Monte Aprazível.

Sendo composto principalmente por imigrantes de outras regiões do país e estrangeiros, que foram abrindo fazendas cultivando lavouras, dedicadas principalmente ao cultivo de café, algodão milho e arroz.

Com o crescimento das atividades agrícolas essas famílias além de dividirem essas terras entre si também foram adquirindo mais terras e gerando mais trabalho, atraindo mais imigrantes para a região. Vindo do estado da Bahia, chegou à região por volta de 1928 o senhor Teodoro Cardoso com a Esposa Paula Araujo Martins. Compraram na época, uma área de 1200 alqueires de terras.

O senhor Teodoro constituiu ali sua família, ao todo 12 filhos sendo seis homens e seis mulheres. Dos filhos homens, apenas um esta vivo e por ele é que parte dos fatos é contada. Venusto Cardoso,76 anos, conta que nasceu e cresceu na fazenda com os demais irmãos, mas após a morte do pai a mãe começou a vender partes da propriedade, formando assim os sítios que até hoje compõem a zona rural do município. Senhor Venusto reside em Nova Luzitania há 25 anos e da antiga propriedade nada mais restou. O nome de sua mãe até hoje denomina a região como bairro rural da Olaria da Paula.

Outra dessas famílias pioneiras é a de Antonio Pereira, segundo dados encontrados no histórico da cidade de Gastão Vidigal e relatos de descendentes dessa família. Segundo conta o senhor Jorge Augusto Pereira, um dos descendentes da família, conta que viveu por 25 anos na propriedade da família e que naquela época já havia sido divido em propriedades menores. Ainda segundo Senhor Jorge essa divisão foi feita entre a família como herança, costume esse comum naquele tempo, as grandes fazendas eram distribuídas e cada membro da família ficava então com uma parte, conta ele. Esse costume tornou-se comum e foi o que possibilitou a formação de povoados como Nova Luzitânia e Gastão Vidigal.

Essa grande Fazenda de Antonio Pereira, era de 4.420 alqueires de terra compreendida entre os córregos Barra Grande do Mato Grosso e Canjarana, foi o começo do povoamento das terras da região, hoje pertencentes aos municípios de Gastão Vidigal e Nova Luzitania. Mais tarde foi divida em duas fazendas de igual nome dos córregos e com o crescimento das famílias e a vinda de mais pessoas foram se formando pequenas propriedades. O nome Canjarana e Mato Grosso, hoje denominado Matogrossinho são referencia para identificação de regiões composta de pequenas propriedades.

Significado do Nome

A origem do topônimo Nova Luzitânia é uma homenagem ao professor de origem portuguesa que lecionou no início do povoado.

Aniversário da Cidade

25 de Março

Administração

prefeito : GERMIRO FERREIRA LIMA

Fontes:

http://www.temmais.com/Cidades/cidade_home.aspx?cidade_id=5079

http://citybrazil.uol.com.br/sp/novaluzitania/index.php

http://www.ferias.tur.br/informacoes/9414/nova-luzitania-sp.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/Nova_Luzit%C3%A2nia#Administra.C3.A7.C3.A3o

site da cidade:

http://www.novaluzitania.sp.gov.br

 
MAIS SOBRE Nova Luzitânia:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Nova Luzitânia:
 
18/06

amiga de infancia de : Antonia Pereira Dias e Pedro Pereia Dias (pioneiros)

Enviado por Antonio Maria às 12h26
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions