Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
D - MÚSICAS
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Cafelândia

Cafelândia é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 21º48'09" sul e a uma longitude 49º36'36" oeste, estando a uma altitude de 445 metros. Sua população estimada em 2004 era de 16.068 habitantes.

Possui uma área de 919,80 km².

Geografia

Cafelândia chegou a possuir área de 982 km², hoje possui 919,86 km², pois teve territórios alagados pelo lago da Usina Hidrelétrica de Promissão. A Sede do Município está localizada a 416 metros de altitude e distância de 442 km da capital do Estado. O seu solo é do tipo cretáceo superior, grupo Bauru-arenitos, silitos, calcáreos, argilitos, conglomeratos. O clima é quente com inverno seco. A média das máximas é 36°C e a média das mínimas é de 12°C. A média pluviométrica é de l.OOO mm anuais.

Demografia

População total: 16.918

Hidrografia

Rio Dourado

Rio Tietê

Rio Feio

Rodovias

SP-300

SP-333

Distâncias :

361 Km da Capital

HISTÓRIA DA CIDADE

Seus primeiros moradores foram: os irmãos José e Jacob Zucchi, Coronel Maurício Gonçalves Moreira, Pedro Theodoro, Raposo dos Santos, José de Oliveira Guedes e Coronel Beraldo Arruda.
Em 1906, inaugurou-se a Estação Afonso Pena, em terras doadas pelos irmãos Zucchi. A Estação ficava longe da povoação, posteriormente, José Zucchi mandou edificar a povoação de Afonso Pena, providenciando inclusive, diversos melhoramentos urbanos. De ambos os lados do Córrego Saltinho, surgiram dois povoados: Pena, à margem esquerda e em terras da família Zucchi e à direita Cafelândia, em terras doadas pelo Cel. Beraldo Arruda. O progresso era tal que a povoação ganhou foros de comunidade e como era inevitável, o bairrismo dos dois lados muitas vezes se transformava em rixa, esta que, de um lado, era lamentável, de outro, era compensado pelo progresso que ambos buscavam para se superarem. Com as partes sempre crescendo, estas resolveram se unir, dando início a nossa evolução política. Interessante notar que a parte alta da Cidade, ainda hoje denominada de “Pena”, possui ruas e avenidas largas, com grandes quarteirões, tudo bem planejado. Ali foram construídos edifícios, para a época, suntuosos, como o do antigo Colégio Sagrado Coração de Jesus, com o prédio da Betania ao lado, local onde residiam as freiras aposentadas, e mais abaixo, a Escola Técnica de Comércio, pertencente à mesma Irmandade. No Pena também foi construída a monumental Catedral Diocesana de Santa Izabel, igreja em estilo gótico, até hoje um orgulho dos cafelandenses, na época em que foi construída, sediou o Bispado da Noroeste, abrangendo cidades das regiões noroeste e alta paulista, entre outras: Lins, Penápolis, Marília e Tupã. A diocese de Cafelândia foi criada por bula papal de 1926, indo até 1950, quando foi transferida para a cidade de Lins. Foram construídos ainda nesse bairro, os edifícios do Fórum, a antiga Escola do Colégio Estadual e Escola Normal “Valdomiro Silveira”, além do antigo Grupo Escolar “Presidente Afonso Pena”. É nessa parte da cidade que está localizado o estádio de futebol do “Glória Futebol Clube”, presente na memória dos antigos esportistas cafelandenses pelas suas brilhantes conquistas. Já na chamada parte baixa da cidade, conhecida por Cafelândia, o traçado das ruas e avenidas foi efetuado de maneira totalmente diferente, imitando talvez, cidades como Paris, na França, foi projetado avenidas e ruas saindo das praças. Praças como a principal, onde está localizada a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Carmo, denominada Praça Beraldo Arruda, a Praça Quintino Bocaiúva, no centro comercial, onde se localiza a antiga estação rodoviária e a extinta Praça Campos Sales, que ocupava uma área considerável no bairro Jaguaribe e foi transformada em área residencial, sendo a parte remanescente batizada com o nome de Praça Dr. Péricles Ferraz do Amaral. Hoje Cafelândia, com o êxodo rural que se acentuou desde a década de 1960, implantou novos bairros, como: Vila Belém, conjuntos habitacionais, Jardins Hélcio Morales Pecci, Moacira, Orlando Baggio, Ernandes Passanezi e Portal da Fazendinha. Ainda hoje, Cafelândia continua a se comportar como se fossem duas cidades, com o nosso povo dizendo: vou para Cafelândia ou vou para o Pena, principalmente os mais velhos.

Significado do Nome

Seu nome é devido ao grande plantio de café, que fez deste município, um dos maiores produtores mundiais.

Aniversário da Cidade: 11 de Abril.

Fundação: 1926

Gentílico: cafelandense

Administração

Prefeito:         HUMBERTO JOSÉ VENTURA PARRA

Economia

O café há muito tempos deixou de ser o carro da agricultura cafelandense. No passado predominou a monocultura do café, que na época era um produto de grande aceitação no mercado mundial. Com o correr dos anos, outros países começaram a cultivar a rubiácea e então, começamos a enfrentar a concorrência. Além da concorrência internacional, as terras começaram a ficar gastas, sendo necessária a adubação do solo para produzir e isso fez com que começassem a surgir também várias pragas e doenças, sendo a ferrugem e a broca as piores. A terra já esgotada e os preços dos insumos atingindo cifras exorbitantes, assim como o baixo preço de café, levaram os cafeicultores a abandonarem a cultura.

A economia do município de Cafelândia tem como base a agricultura e a pecuária. Atualmente, com a instalação de uma usina de álcool no município e várias outras na região, o cultivo de cana-de-açúcar vem se destacando fortemente.

Cafelândia ainda conta com um moderno distrito industrial e nele diversas indústrias principalmente de pequeno e médio porte ajudam a sustentar a economia local. Aramefício, industria txtil entre outras levaram o município, segundo dados dos Ministério do Trabalho a gerar um dos maiores índices de emprego durante o ano de 2008. Com o centro comercial totalmente remodelado, o comercio local também vem reagindo de maneira positiva porporcionando aos moradores locais e visitantes oportunidades de bons negócios.

Turismo

Carnaval de Cafelândia

Preponderantemente nas décadas de 50, 60 e 70, e até meados dos anos oitenta, o carnaval cafelandense era data de destaque no calendário turístico do Estado de São Paulo. Blocos, escolas de samba e carros alegóricos saiam às ruas da cidade durante os 04 dias de folia, para diversão dos moradores e milhares de turistas que prestigiavam a festa. A turma do bolinha, brasinha, o ronco do sapo, morro do querozene, baixada das cobras, lancha perfume entre outras dezenas de agremiações protagonizavam o "esquenta" no corso que era organizado pela Prefeitura Municipal. Após a festa nas ruas, os foliões tinham as opções de curtir o restante da noite em 3 clubes: Cafelândia Clube, Kai Kan e Panela de Pressão. Os Bailes atravessavam as noites de sexta, sábado, domingo, segunda e terça feira, além é claro dos matines no domingo e terça feira, e eram marcados pelos concursos de fantasias, em diversas modalidades, blocos, foliões mais animados entre outros ao som de marchinhas, sambas enredos e marchas rancho.

Rodeio em Cafelândia

Cafelândia tem a Festa do Peão de Cafelândia, promovida pela Comissão Organizadora da festa. É realizada geralmente na primeira semana de abril, coincidindo com o aniversario da cidade. São de 4 a 5 dias de um grande espetáculo do mundo de rodeio, além de grandes shows, bailes e apresentações com os melhores artistas da região e do pais.

Cafeartes

Atualmente a maior festa cafelandense,que em 2010 completa trinta anos, a Feira de Artesanato de Cafelândia (CAFEARTES)é promovida pela Prefeitura Municipal de Cafelândia, sempre foi uma grande festa que todos os cafelandenses esperam com muita ansiedade. Atualmente durante os 4 ou 5 dias de festa passam pelo recinto aproximadamente 150 mil pessoas entre locais e turistas. A exposição de artesanato conta com itens que vão desde bordados até móveis em madeira e couro, além do pavilhão de artes plásticas que conta com peças de artistas da região e do país. Um dos motivos pelo qual o cafelandense se orgulha de sua maior festa, além da excelencia e grandiosidade da mesma, está no palco do recinto. Chitãozinho e Xororó, Roupa Nova, Jorge Aragão, Gian e Giovani, Benito de Paula, Beth Carvalho, Almir Sater, Inimigos da HP entre outros grandes nomes da MPB já se apresentaram na festa, muitos deles mais de uma vez. Outros grandes atrativos oferecidos pela Cafeartes são a praça de alimentação e o parque de diversões, que faz a alegria da criançada. Durante a festa os visitantes também podem assistir apresentações diversas de grupos formados por jovens que participam de projetos sociais locais, fanfarras e grupos teatrais, além de apresntações de grupos musicais da região.[carece de fontes]

A festa é geralmente realizada no começo de setembro, coincidindo com o Feriado da Independência (7 de Setembro). Maiores informações no site www.cafelandia.sp.gov.br (site oficial do município) na época da festa.

EVENTOS

Aniversário do Município

Data: 27 de Novembro

- Festa do Peão de Cafelândia.

- Feira de Artesanato de Cafelândia (CAFEARTES).

FONTES: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cafelândia_(São_Paulo)

http://www.ferias.tur.br/informacoes/9009/cafelandia-sp.html

 
MAIS SOBRE Cafelândia:
 
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Cafelândia:
 
01/06

desenvolvimento industrial do município nos últimos 5 anos.

Enviado por nelson domingos martins fraidemberg às 17h01
01/10

Nasci em Cafelandia em 1948 meu pai jogou no Gloria gostaria que alguem que tivesse fotos de futebol do Gloria e do time de Cafelandia

Enviado por Antonio Roberto Ferreira às 17h12
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | D - MÚSICAS | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions