Busque sua Cidade
 
Inicial
 
Seções
A01 - Est. Turísticas
A02 - Est. Balneárias
A03 - Est. Climáticas
A04 - Est. Hidrominerais
C01 - Bauru
C02 - Campinas
C03 - Itapetininga
C04 - Mogi das Cruzes
C05 - Presidente Prudente
C06 - Ribeirão Preto
C07 - Santos
C08 - São Carlos
C09 - São José do Rio Preto
C10 - São José dos Campos
C12 - Sorocaba
C13 - Taubaté
E - BLOG DO JOÃO
 
Portal
Quem Somos
Como Anunciar
Fale Conosco
Enviar E-mail
 
Página Inicial da Cidade Bauru

HISTÓRIA

Após 1850, na procura de novas terras para ocupação e colonização, pioneiros paulistas e mineiros começam a explorar a vasta região situada entre a Serra de Botucatu, o Rio Tietê, o Rio Paranapanema e Rio Paraná, até então habitado por grupos de indígenasKaingang.

Em 1856 Felicíssimo Antônio Pereira, provindo de Minas Gerais, adquire terras e estabelece próximo ao atual centro de Bauru a Fazenda das Flores. Anos depois, em1884, essa fazenda (também chamada de Campos Novos de Bauru) teria parte de sua área desmembrada para a formação do arraial de São Sebastião do Bauru.

O distrito progride, mesmo sujeito a ataques dos nativos Kaingang e relativamente isolado do resto do Estado, e torna-se distrito de Agudos em 1888. A chegada de migrantes oriundos do leste paulista e de Minas Gerais leva à emancipação domunicípio em 1 de agosto de 1896.

O novo município sobrevive do cultivo do café, mesmo tendo terras mais fracas e inférteis que o restante do estado. Em 1906 é escolhido como ponto de partida da ferrovia Noroeste do Brasil, ligando o município a Corumbá e à Bolívia.

Durante a primeira metade do século XX Bauru torna-se o principal polo econômico da vasta região compreendida pelo Oeste Paulista, Norte do Paraná e Mato Grosso do Sul.

Bauru recebeu nas primeiras décadas do século XX levas de imigrantes de várias partes do mundo, com destaque para os italianos,espanhóis, portugueses e japoneses. O entroncamento rodo-ferroviário no qual se situa, fez atrair ainda imigrantes sírios, libaneses,alemães, franceses, chineses e judeus de diversas nacionalidades. Mais recentemente, passou a receber  bolivianos, argentinos, chilenos, palestinos e norte-americanos, tornando-se uma dos municípios mais cosmopolitas do Interior Paulista.

Este aspecto do cosmopolitismo bauruense é denotado ainda hoje pelas diversas instituições de origem imigrante existentes no município, entre elas a Associação Luso-Brasileira (AALB), o Clube Nipo-Brasileiro, a Associação Cultural Dante Alighieri, o antigo Cine Capri, a Associação Cultural Miguel de Cervantes, o Tenrikyo, o extinto Fuentes, o hospital Beneficência Portuguesa de Bauru, a Festa das Nações e o próprio eixo urbanístico denominado Nações Unidas, integrado por avenidas, parque com lago e anfiteatro, várias praças etc.

Assinale-se, ainda, a presença das praças Portugal, Itália, Espanha, Alemanha, Líbano e Palestina, bem como a localização da Prefeitura Municipal na Praça das Cerejeiras, inaugurada na década de 1970 pelo então príncipe Akihito (que em 1989, tornou-se imperador do Japão), em homenagem à imigração japonesa para a região de Bauru.

Entre 1970 e o início do século XXI a decadência da ferrovia, aliada ao crescimento de municípios como Marília, Presidente Prudente eAraçatuba levam a uma redução do crescimento econômico do município. Porém, a existência de um forte setor de serviços, a presença deuniversidades e a localização privilegiada em um grande entroncamento rodo-ferroviário fazem com que Bauru ainda seja o principal pólo econômico do Oeste Paulista.

Em 11 de março de 1999, uma subestação de energia elétrica da CESP, localizada no município, iniciou o Blecaute de 11 de Março de 1999, o maior registrado no Brasil, que durou mais de cinco horas. 

História do nome

Existem algumas hipóteses para explicar a origem do nome do município. Uma das mais aceitas foi proposta por Ismael Marinho Falcão, que viveu durante muitos anos com os índios Kaigang, que habitavam essa região.

De acordo com Ismael, a região era conhecida como ubauru, devido à abundância de uma erva denominada ubá, usada para confeccionar cestas, e uru, uma ave parente da galinha.

Outras hipóteses dizem que o nome teria vindo de mbai-yuru, que quer dizer "queda de água" ou "rio de grande inclinação", ou ybá-uru, que quer dizer "cesta de frutas", ou bauruz, que era como os índios que habitavam as margens do rio Batalha eram conhecidos.

Teodoro Sampaio dizia que Bauru é corrupção de "upaú-ru", ou "upaú-r-y, designando rio da lagoa. Do Tupi: de "Upá" ou "Upaú", lago, lagoa, água represada, e "U", o mesmo que "I", água corrente, rio, líquido, etc.

Segundo o historiador Correia das Neves, em seu livro "No velho Bauru", o "r" entrou por eufonia, considerando esse o nome que melhor traduz e exprime a o significado da palavra Bauru na língua tupi.

 Aniversário da cidade: 01 de Agosto 

Fundação: 1896 (113 anos)
Gentílico: bauruense

 
MAIS SOBRE Bauru:
CÂMARA MUNIC.
ECONOMIA
GEO/DEMO/CLIMA
HISTÓRIA
LOCALIZAÇÃO
ONDE COMER
ONDE FICAR
PREFEITURA
RÁDIOS/JORNAIS
TURISMO
Deixe seu Comentário
 
 
COMETÁRIOS SOBRE Bauru:
 
05/10

por favor, quero morar em Bauru ou região, tenho uma casa para vender barata ou trocar, moro Joinville-SC. se alguém souber de algum lote barato afinfinanciado em algum loteamento em Bauru ou qualquer cidade da região, por favor, me avisem. ZAP: 47 98426-2778. obrigado

Enviado por valdir às 16h42
21/09

Quero comprar melancia me liga ou me mande mensagem meu fone é 14 998222578

Enviado por Paulo Dourado às 01h54
07/12

gotaria q alguem me desse noticia de um funcionario da prefeitura na epoca de 70 a 72 gotaria de ter noticia dele pois ele me ajudou muito na minha campanha. ele se chama jose coelho se alguem souber telefone para contato;(44)36493060 obrigada.

Enviado por marlene valencio às 13h29
15/10

PROSPERA GRANDE E BONITA ,QUANDO VOU A UMA LANCHONETE LEMBRO ME DESTA LINDA CIDADE

Enviado por jose luis garcia de oliveira às 23h57
23/04

Nenhum

Enviado por Vivian carolina da silva paiva às 17h54
06/01

fabi para ir em aguas d sta barbara saindo d bauru va até piratininga passe a cidade e continue ao chegar na rodovia joao cabral renó vire a direita e va embóra até chegar na castelo entre nela sentido sp ao chegar em sta barbara se for na cascata ande mais 2 ou 3 km e ok

Enviado por almir às 11h12
 
Seções: A01 - Est. Turísticas | A02 - Est. Balneárias | A03 - Est. Climáticas | A04 - Est. Hidrominerais | C01 - Bauru | C02 - Campinas | C03 - Itapetininga | C04 - Mogi das Cruzes | C05 - Presidente Prudente | C06 - Ribeirão Preto | C07 - Santos | C08 - São Carlos | C09 - São José do Rio Preto | C10 - São José dos Campos | C12 - Sorocaba | C13 - Taubaté | E - BLOG DO JOÃO |
Portal: Inicial | Quem Somos | Como Anunciar | Fale Conosco | Enviar Email |

© Interior SP - Cidades. Todos os Direitos Reservados.

Desenvolvimento: UPWEB Internet Solutions